Android Geek
O maior site de Android em Português

Samsung pode bater recordes em 2018, mas desta feita negativos

De acordo com fontes internas, a Samsung colocou um objectivo de 320 milhões de equipamentos enviados globalmente este ano, mas mesmo com os excelentes números de reservas do Galaxy S9 e S9+ no primeiro trimestre do ano, a gigante Sul Coreana alterou o seu objectivo para 350 milhões de unidades.

No entanto de acordo com fontes da indústria, a gigante de tecnologia Sul Coreana tudo indica não irá conseguir o seu ambicioso objectivo. Existem diversos factores envolvidos, sendo um deles o maior impacto da estratégia de marketing mais agressiva, por parte dos fabricantes chineses. Os envios desceram de 20% na China, para um incrível 1% no ano passado. Isto porque os fabricantes chineses como a Xiaomi, Huawei Oppo e VIVO estão a ganhar terreno, com os seus cada vez melhores equipamentos em qualidade e preço.

Samsung pode bater recordes em 2018, mas desta feita negativos 1

A Samsung tinha conseguido fabricar e enviar uns 319.7 milhões de equipamentos em 2015, 309.4 milhões em 2016 e 319.8 milhões em 2017, e este ano tinha começado bem com uns impressionantes 78 milhões no primeiro trimestre do ano. No segundo trimestre é esperado que a gigante Sul Coreana consiga mais uns 73 milhões de equipamentos enviados.

A segunda maior razão para este declínio nas vendas projectadas, é a performance muito inferior ao esperado dos novos Galaxy S9 e S9+, apesar do começo positivo no princípio do ano. O número total de envios do Galaxy S9 e suas variantes não será muito mais de 30 milhões de unidades, em todo o ano de 2018. Isto significa que a Samsung poderá bater um recorde, mas desta vez um muito negativo. Pois este será o mais baixo envio de equipamentos da marca, na sua linha Galaxy S desde o já longínquo ano de 2012.

Mas as esperanças serão como se diz, as últimas a morrer. A gigante tecnológica Sul Coreana, ainda tem um trunfo na manga, de seu nome Galaxy Note 9. A marca poderá apresentar um equipamento que dê a volta a tudo isto, no entanto tudo indica que o Galaxy Note 9, não trará consigo muita inovação ou funcionalidades diferentes do Galaxy S9. E sendo assim a Samsung irá ter muita dificuldade no restante ano.

 

 

Através de Gsmarena

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais