Android Geek
O maior site de Android em Português

Qualcomm responde a supostas alegações de batota nos benchmarks da MediaTek

Segundo as informações disponíveis, os processadores da MediaTek identificam determinados parâmetros de BenchMark e ativaam automaticamente o “modo desempenho”, que resulta num desempenho melhor do que o do uso diário, em detrimento da duração da bateria. Em resposta às acusações de batota,a MediaTek publicou um comunicado, a explicar que a empresa segue os padrões aceites pelo setor em relação aos benchmarks.

Houve recentemente uma controvérsia baseada  numa descoberta recente feita pelo site AnandTech que acusou o fabricante de Chipsets MediaTek de fazer batota nos benchmarks de desempenho. Segundo as informações disponíveis, os processadores da MediaTek identificam determinados parâmetros de BenchMark e ativaam automaticamente o "modo desempenho", que resulta num desempenho melhor do que o do uso diário, em detrimento da duração da bateria. Em resposta às acusações de batota,a MediaTek publicou um comunicado, a explicar que a empresa segue os padrões aceites pelo setor em relação aos benchmarks. Além disso, a publicação do blog afirmou que "nosso principal concorrente possui chipsets que funcionam exatamente da mesma maneira" e, portanto, sem apontar o dedo diretamente para á Qualcomm, acabou por o fazer.

Qualcomm responde a supostas alegações de batota nos benchmarks da MediaTek 1

Apple, Huawei e Samsung fabricam processadores para os seus próprios dispositivos e a Samsung ocasionalmente vende Chipsets para outros fornecedores de smartphones, e isso deixa apenas a Qualcomm como o “principal concorrente” acima mencionado pela empresa sediada em Taiwan.

Essa acusação, no entanto, gerou uma reação da Qualcomm sempre sem nomear a MediaTek. A Qualcomm disse num comunicado ao Android Authority que os seus equipamentos não usam White Lists de benchmarks. A lista de permissões é uma técnica que permite determinar se um dispositivo deve ser colocado no modo de desempenho e é considerado batota nos benchmarks. A Qualcomm também afirmou que esse comportamento desafia o objetivo de um benchmark, que é testar como um dispositivo ou chipset se porta em uso diário.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais