Android Geek
O maior site de Android em Português

Primeiro smartphone Redmi com câmara de 48MP e um design gradiente

Por agora, os telefones Redmi ainda usam o nome “Mi” por mas isto pode mudar no futuro. Ao olhar para os detalhes deste dispositivo, parece que Redmi vai começar com um argumentos fortes.

Hoje mais cedo, uma novo modelo Xiaomi designado “M1901F7C” apareceu na TENAA. Das imagens vemos que, o smartphone tem o nome “Redmi” escrito por trás, o que mostra que este provavelmente será o primeiro smartphone da marca independente Redmi da Xiaomi. Por agora, os telefones Redmi ainda usam o nome "Mi" por mas isto pode mudar no futuro. Ao olhar para os detalhes deste dispositivo, parece que Redmi vai começar com um argumentos fortes. 

Redmi é a nova marca da Xiaomi

 

O smartphone adota o design de gradiente de cor recentemente popularizado por marcas como a Huawei e usa uma configuração de câmara traseira dupla com um sensor de impressão digital traseiro. No entanto, de acordo com as fotos lançadas pelo co-fundador da Xiaomi, Lin Bin, a lente principal da câmara traseira é de 48 MP, e vale a pena esperar pelo que este equipamento vai ser capaz de fazer. Na configuração principal, este smartphone Redmi usa um ecrã de 6,3 polegadas com uma capacidade de bateria de 3900 mAh e tamanho de corpo do 159,21 × 75,21 × 8,1 mm. O ecrã provavelmente será um ecrã de gota d'água porque as imagens da TENAA mostram a câmara frontal posicionada no centro do telefone, mas não há outros sensores visíveis ao redor.

De fugas de informação e rumores anteriores, vimos o próximo smartphone Redmi equipado com um Chipset Qualcomm Snapdragon 675, que apresenta a nova arquitetura Kryo 460 e o GPU Adreno 612. Assim, fornecerá um melhor desempenho do que o recém-lançado Xiaomi Mi Play. Além disso, Lei Jun revelou que o próximo dispositivo Redmi irá manter a entrada para o fone de ouvido de 3,5 mm. Infelizmente, o documento TENAA não confirma isso. Como este dispositivo provavelmente não utilizará um Chipset dos melhores, o preço será o argumento mais importante. Lei Jun disse que a Xiaomi continuará a fazer bons smartphones a preços acessíveis, sugerindo que o preço do novo dispositivo será atractivo. O dispositivo deve ser lançado a 10 de janeiro, durante o anúncio oficial da independência de Redmi.

 

 

Fonte

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais