Android Geek
O maior site de Android em Português

OnePlus pensa em levar o seu centro de fabrico global para a Índia

Segundo o The Economic Times, a OnePlus está a ponderar transformar a Índia no seu "centro global de fabrico", citando que a informação surgiu de um funcionário da empresa.

O gerente geral da OnePus Índia, Vikas Agarwal, revelou que a empresa está actualmente no processo de negociação de ofertas de fornecimento com fabricantes locais como parte dos seus esforços para se envolver mais na iniciativa "Make in Índia" promovida por Nova Deli como forma de incentivar empresas de electrónicos de consumo a investir mais recursos no país Asiatico. Se as negociações actualmente em curso tiverem resultados significativos, a empresa poderia transformar a Índia no seu principal centro electrónico, e que criaria os seus produtos destinados a ser vendidos em todo o mundo, disse Agarwal.

A fabricante chinesa de equipamentos originais já está a montar os seus smartphones na Índia, de modo a evitar pesadas taxas sobre os seus produtos, mas o fornecimento da maioria dos seus componentes a partir de fábricas locais permitiria que a empresa também baixasse os seus custos e melhorasse as suas margens de lucro. Os smartphones OnePlus vendidos na Índia estão a ser montados pelo mesmo fornecedor baseado em Noida que reúne os dispositivos oppo. Embora as duas empresas não estejam oficialmente relacionadas, a BBK Electronics da oppo é amplamente considerada como detentora de uma participação de controlo na OnePlus, com o mesmo conglomerado de tecnologia que também possui a Vivo, outro OEM que recentemente vem renovando os seus negócios na Índia para se tornar mais dependente da economia local e, consequentemente, reduzir os seus custos operacionais.

Pete Lau Oneplus

Os smartphones importados estão atualmente sujeitos a uma taxa de direitos de 20% na Índia, mas a grande maioria dos dispositivos móveis high-end não são suficientemente populares para justificar um investimento em operações de montagem local, acredita Agarwal, sugerindo que esse estado apresenta uma oportunidade única para a OnePlus tornar-se ainda mais competitiva no segmento premium do mercado. Numa altura em que os embarques globais de smartphones estão a perder impulso, a Índia está a tornar-se numa proposta cada vez mais atraente para a maioria das OEMs, como o seu crescimento recorde ainda está a levar a dezenas de milhões de aparelhos vendidos trimestralmente. O país da Ásia do Sul é quase o único responsável pelo sucesso recente da Xiaomi, que viu a empresa quase duplicar os seus envios globais em 2017 e muitos outros fabricantes chineses de telefonia estão à procura de novas oportunidades na região.

A OnePlus deverá anunciar o seu próximo flagship Android no fim da primavera, inicio do verão, com rumores recentes a sugerir que o OnePlus 6 será revelado em Junho.

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link