O que podemos esperar (e desejar) da Samsung em 2021

2020 já foi. Foi um ano difícil para todos e a Samsung não teve vida fácil em 2020.

2020 já foi. Foi um ano difícil para todos e a Samsung não teve vida fácil em 2020. A marca coreana teve a sua quota parte de sucessos, como com o Galaxy S20 FE, o Galaxy Z Fold 2 e a série Galaxy A.

No entanto, as vendas da linha principal Galaxy S20 não foram ao encontro das expectativas. A série Galaxy Note também não tem conseguido o sucesso de anos anteriores.

Samsung Galaxy S20 FE, verso azul

Se nada mais, 2020 provou que a Samsung vai ter que diversificar dlo seu foco do mercado premium. A maioria das suas grandes vitórias girou á volta das suas ofertas mais baratas. A pandemia COVID-19 pode ter sido responsável por parte disso. Seja qual for o motivo, porém, a empresa parece ter percebido que nem todos precisam ou podem pagar 1000€ por um smartphone.

2021 um ano de crescimento em volume

Em 2021, a Samsung vai expandir as suas fontes de sucesso. Por um lado, também precisa de se empenhar no mercado de dobráveis, que domina inteiramente neste momento. Na verdade, há muitas coisas que esperamos ver da gigante sul coreana em 2021 e podem ver o que esperar nos pontos abaixo.


1. Foco no valor

 

O Samsung Galaxy S20 FE foi uma bela surpresa. A Samsung lançou telefones em 2020 que eram muito melhores do que o S20 FE, mas nenhum outro telefone oferece a relação de valor e especificações tão apelativas como o excelente FE. Isso faz deste telefone um dos nossos favoritos de 2020.

O que podemos esperar (e desejar) da Samsung em 2021 1

Além disso, os telefones em outras linhas de baixo custo da Samsung - séries Galaxy A, Galaxy M e Galaxy F - também tiveram um bom desempenho, tanto pela crítica quanto comercialmente. Por outro lado, os grandes nomes da família Galaxy - as séries Galaxy S e Galaxy Note - tiveram um desempenho relativamente medíocre.

A Samsung consegue melhores resultados em todas as áreas quando oferece bons aparelhos a preços razoáveis. Parece fácil, certo?

Em 2021, esperamos que a Samsung possa mudar o seu foco ainda mais para as suas ofertas de valor. Sim, adoramos os telefones Galaxy S e as novas ofertas Ultra. Mas também não podemos justificar o gasto de 1400€ num telefone quando um aparelho de uma gama inferior oferece todos os recursos que nos interessam a literalmente um quarto do preço.


2. Killer Features nos telefones dobráveis

 

A Samsung já prometeu muitos telefones dobráveis ​​para 2021. Alguns deles serão ainda mais económicos (mas não baratos). A Samsung pode lançar todos os dobráveis ​​do mundo, mas precisa fazer um melhor trabalho para convencer os clientes a escolher estas soluções. 

Depois de ultrapassar o fator surpreendente de "o meu telefone pode se desdobrar", qual é o valor acrescentado de um smartphone como o Galaxy Z Fold 2?

O que podemos esperar (e desejar) da Samsung em 2021 2

É óbvio que ter um ecrã do tamanho de um tablet no bolso é muito interessante.

Relacionado:  Samsung Galaxy Watch Active4 vai ter SoC de 5nm e molduras mais estreitas

Se a Samsung realmente deseja que compremos um dobrável, é preciso explicar melhor por que devemos querer um. Precisamos ver o excelente Marketing da Samsung a funcionar em anúncios, e precisamos ver estes dobráveis com software e aplicações que convençam o consumidora final.

Se a Samsung quer vender uma mão cheia de telefones dobráveis ​​em 2021, esta deve ser uma prioridade. Também gostávamos de ver a Samsung trabalhar para tornar seus projetos existentes melhores, mais duráveis ​​e mais baratos. Não precisamos de muitos estilos dobráveis ​​diferentes para escolher, precisamos de um ou dois que funcionem bem e durem alguns anos antes de se estragar.

Tendo em conta que ainda quase não há concorrência neste espaço, este deve ser o foco principal da Samsung.

 


3. Telefones compactos (mas potentes)

 

A Samsung chegou incrivelmente perto de oferecer a experiência perfeita de telefone compacto em 2019 com o Galaxy S10e. Por alguma razão, descontinuaram a linha “e” logo de seguida e ficámos sem nenhuma opção compacta da empresa a sul coreana. 

Muitos utilizadores estão à procura de smartphones mais compactos.

Tirando o iPhone 12 Mini e o Xperia 5 II, a maioria dos telefones compactos simplesmente não são tão poderosos quanto os seus irmãos maiores. A Samsung, mais do que qualquer outro fabricante de Android, está numa posição privilegiada para finalmente resolver esse problema em 2021.

Tanto quanto podemos dizer, não haverá uma versão menor da série Galaxy S21 que será lançado em janeiro, mas isso não significa que a Samsung não possa lançar uma versão compacta no final do ano. Faça o que fizer, a Samsung não devia ignorar o desejo por telefones compactos, mas poderosos.


4. Menos Exynos, mais Qualcomm

 

O desdém pelos processadores Exynos é algo que é exagerado, mas que podemos compreender. A Samsung vende os mesmos telefones aos mesmos preços em diferentes partes do mundo e oferece qualidade de processamento totalmente diferente. Em 2021, esta é a altura ideal para isso acabar - ou pelo menos diminuir.

Design de referência do Qualcomm Snapdragon 888

Crédito onde é devido: os processadores Exynos estão cada vez melhores. Embora não tenhamos testado ainda, os rumores sugerem que o próximo Exynos 2100 - a resposta da Samsung ao Qualcomm Snapdragon 888 - será muito bom.

Ouvimos rumores de que pelo menos um telefone 2021 da Samsung terá um processador Qualcomm globalmente, independentemente do mercado.

Esperamos que 2021 nos traga um pouco mais de coesão dentro da linha da Samsung quando falamos de processadores. Não se enganem: os processadores Exyno serão usados e fora da América do Norte os S21 terão um Exynos 2100 em vez de um Snapdragon 888. Esperamos que a Samsung mude um pouco o equilíbrio para a Qualcomm no próximo ano para que possamos talvez chegar mais perto do dia em que um FlagShip da Samsung usará o mesmo processador em todo o mundo.

O que querem ver da Samsung em 2021?

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!