Android Geek
O maior site de Android em Português

Lenovo atinge um recorde em receita para 2018/2019

A Lenovo registou uma receita recorde de US $ 51 mil miliões, o que representa um aumento de 12,5% em relação ao ano anterior. A estratégia do Departamento de Transformação Inteligente gerou receita bruta de cerca de US $ 856 milhões – esse é um crescimento de 459% ano a ano.

A Lenovo partilhou recentemente os seus resultados financeiros para o ano fiscal de 2018 e 2019 e, a julgar pela informação disponibilizada, a empresa parece estar no caminho certo. A Lenovo regista um recorde de receita impulsionada pela estratégia Intelligent Transformation e um desempenho operacional com uma estratégia renovada. A Lenovo registou uma receita recorde de US $ 51 mil miliões, o que representa um aumento de 12,5% em relação ao ano anterior.

A estratégia do Departamento de Transformação Inteligente gerou receita bruta de cerca de US $ 856 milhões - esse é um crescimento de 459% ano a ano. O lucro líquido é de US $ 597 milhões- o que representa um aumento de US $ 786 milhões em relação ao ano passado. Aparentemente, o crescimento foi parcialmente alimentado pelo forte desempenho no quarto trimestre do ano passado, com crescimento de dois dígitos na receita - US $ 11,7 mil milhões.

Logotipo da Lenovo

O desempenho da empresa foi dividido por todos os negócios e isso inclui a nossa conhecida - Motorola.  A empresa detida pela Lenovo, tem uma sólida presença no mercado nos Estados Unidos, e isso é curioso, considerando que o seu núcleo está agora na China. Os diferentes segmentos e subsidiárias melhoraram o lucro antes dos impostos de US $ 180 milhões.

A empresa chegou às manchetes recentemente com a chegada do Lenovo Z6 Pro e Z6 Youth Edition. Ambos os smartphones possuem excelente tecnologia que se enquadra no segmento premium e de média gama, a empresa espera manter o seu negócio móvel forte com os lançamentos recentes.

Ontem, houve rumores de que a fabricante chinesa, Lenovo, teria fechado os seus serviços de fornecimento componentes para PC  para a Huawei, como resultado da proibição dos EUA. No entanto, a empresa negou esses rumores ao afirmar que a sua parceria com a empresa chinesa está a fluir normalmente.

Fonte

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais