Android Geek
O maior site de Android em Português

Kirin 990 será o primeiro a usar um processo TSMC ao usar EUV

O HiSilicon Kirin 980 da Huawei foi lançado recentemente. Mas já estamos a ter fugas de informação e rumores sobre o futuro Chipset Kirin. Claro, como são rumores, não podemos afirmar a sua certeza.

O HiSilicon Kirin 980 da Huawei foi lançado recentemente. Mas já estamos a ter fugas de informação e rumores sobre o futuro Chipset Kirin. Claro, como são rumores, não podemos afirmar a sua certeza. Mas uma coisa é certa: a Huawei fará o melhor para produzir um Chipset ainda melhor e competir com a Qualcomm, a Apple, a MediaTek, a Samsung e outros fabricantes de SoC. Anteriormente, ouvimos que o próximo Chipset da Huawei será chamado de Kirin 985 e que será uma versão ligeiramente atualizada do actual modelo principal. Hoje, de acordo com as últimas Informações de imprensa a a Huawei tornou-se o segundo maior cliente da TSMC e será a primeira empresa a adotar a fabrico de nós de processo ultravioleta extremo (EUV) de fundição pura, provavelmente com oo Kirin 990.

Kirin 990 será o primeiro a usar um processo TSMC ao usar EUV 1

O processador Kirin da Huawei tem uma relação muito próxima com a TSMC nos últimos anos. Os chipsets de 16nm, 10nm e 7nm tiveram os seus primeiros lançamentos através dos Chipsets Kirin, como o Kirin 960, o Kirin 970 e o Kirin 980, respectivamente.

Segundo a Huawei, o desenvolvimento do Kirin 980 custou mais de US $ 300 milhões. O processo de desenvolvimento foi iniciado em 2015. Em conjunto com a TSMC, eles estudaram as especificações do processo de 7nm. Todo o processo de pesquisa e desenvolvimento durou 36 meses.

A TSMC atualmente está a produzir em massa o Chipset de 7nm de primeira geração. Mas, em breve, introduzirá a litografia EUV de segunda geração do processo de 7nm (N7 Plus) e iniciará a produção em massa no primeiro trimestre de 2019.

De acordo com notícias anteriores a Huawei também começou a desenvolver o Kirin 990. E há uma grande probabilidade de integrar a banda básica 5G pela primeira vez. Além disso, supõe-se que utilize a tecnologia  N7 Plus.

Quanto ao processo de 5nm (N5), a TSMC continuará ao usar a tecnologia EUV. Espera-se que seja colocado em produção em massa em 2020.

 

Fonte

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!
close-link