Android Geek
O maior site de Android em Português

Japan Display corta produção de ecrãs do iPhone XR devido às vendas decepcionantes

A Japan Display, que é um fornecedor da Apple para os ecrãs do iPhone, está supostamente a reduzir a produção de dezembro de cristais líquidos (LCD) para o modelo iPhone XR por causa das decepcionantes vendas após a sua estreia em outubro. A redução na produção dos LCDs deverá ser de cerca de 30 por cento em comparação com o nível de pico de novembro. Isso também marca um possível revés para a empresa, que esperava que o contrato de fornecimento do iPhone XR fosse fundamental para quebrar uma série de perdas de quatro anos.

A Japan Display, é um fornecedor da Apple para os ecrãs do iPhone, e está supostamente a reduzir a produção de dezembro de cristais líquidos (LCD) para o modelo iPhone XR por causa das decepcionantes vendas após a sua estreia em outubro.

A redução na produção dos LCDs deverá ser de cerca de 30 por cento em comparação com o nível de pico de novembro. Isto também marca um possível revés para a empresa, que esperava que o contrato de fornecimento do iPhone XR fosse fundamental para quebrar uma série de perdas de quatro anos.

iPhone XR

Para a Japan Display, cerca de 80% da sua receita total é gerada através da produção dos ecrãs para smartphones. A maioria dos seus ganhos depende dos seus negócios com a Apple.

Anteriormente, a empresa, conhecida como JDI, reportou um crescimento na previsão de vendas na faixa de 10% a 20%. No entanto, no mês passado, a empresa reduziu os números para entre 5% e 15% para o ano terminado em março de 2019. A Japan Display também está a reduzir a sua estimativa de margem de lucro operacional.

De acordo com os relatórios, as fábricas domésticas já reduziram a produção de ecrãs para o iPhone XR. Além disso, o relatório acrescenta que a empresa irá suspender a produção em cerca de 10 dias durante os feriados de Ano Novo.

Os inventários de ecrãs da empresa sediada no Japão estão em alta após a produção completa em outubro e novembro. A empresa agora usará parte da capacidade libertada pelos cortes de produção deste mês para produtos que não sejam smartphones.

A Apple está a conduzir uma estratégia de marketing mais agressiva para os seus novos modelos de iPhone por causa das vendas mais fracas. As acções da empresa também estão a ser negociadas neste ano, enquanto os fornecedores da Apple relatam cortes nos pedidos em toda a bolsa e os investidores temem a procura por iPhone XS e o iPhone XR é baixo. A empresa vai divulgar os seus resultados de distribuição do iPhone numa teleconferência trimestral em janeiro, mas a Apple já anunciou que não divulgará mais os números de unidades vendidas.

 

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉
Fonte Gizmochina

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link