Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei P30 Pro e segurança no Android: é este o papel da AI para nos proteger melhor

Mas as possibilidades estão lá, porque o chipset HiSilicon Kirin 980 traz aos smartphones Huawei habilidades cognitivas quase humanas. O terminal pode auxiliar em praticamente todas as tarefas graças à sua capacidade de aprender e ao seu enorme poder de processamento.

A inteligência artificial já é um dos grandes incentivos do mercado de smartphones, e não é apenas por prometer opções infinitas para o futuro, mas também porque as suas possibilidades actuais facilitam o uso de dispositivos móveis e ensinam como usá-los melhor dia após dia e se transformaram na ferramenta digital universal que todos nós procuramos. Na verdade, entre as várias opções avançadas do melhor AI do mercado, o Huawei P30 Pro, permite aos terminais high-end do fabricante chinês ajudar-nos a sermos melhores fotógrafos mesmo à noite ou lugares escuros, os smartphones aprendem como os usamos para adaptar recursos e economizar bateria.

O melhor reconhecimento de cena, com o Huawei P30 Pro

 

Mas as possibilidades estão lá, porque o chipset HiSilicon Kirin 980 traz aos smartphones Huawei habilidades cognitivas quase humanas.

O terminal pode auxiliar em praticamente todas as tarefas graças à sua capacidade de aprender e ao seu enorme poder de processamento. Mesmo para algo essencial para um futuro totalmente digital como a segurança e privacidade do utilizador, a AI pode ser útil de várias maneiras.

Huawei P30 Pro e segurança no Android: é este o papel da AI para nos proteger melhor 1
Huawei P30 Pro

Detecção de faces em 3D, o reconhecimento biométrico do futuro

Bem, sim pessoal, a chave para a segurança num smartphone é proteger contra usos indevidos e portanto, a autenticação biométrica é provavelmente uma das seções mais importantes de um smartphone de alto desempenho.

E assim, Huawei coloca a melhor IA ao serviço da segurança com um leitor de impressões digitais integrado sob o ecrã e uma câmara frontal capaz de reconhecer o nosso rosto em três dimensões, conseguindo assim expandir enormemente as capacidades de um reconhecimento facial que o Android precisava melhorar e que vai funcionar mesmo na escuridão absoluta. A câmara da Huawei é capaz de projetar mais de 30.000 pontos nas nossas faces e mapear o rosto como uma password biométrica permitindo que o smartphone desbloqueie apenas ao olharmos para ele. A Inteligência artificial usa Padrões biométricos gerados com cada desbloqueio para otimizar a detecção, e melhora a sua operação cada vez que o usamos, economizando recursos em processamento, melhorando a velocidade e também a precisão de um sistema de autenticação do futuro.

Segurança real e muitas outras opções avançadas para o utilizador

O trabalho da Huawei com o software e a EMUI também conseguiu que o AI trace o caminho para novas e melhores funcionalidades, com o infinito no horizonte e tudo o que os programadores podem imaginar. Na verdade, a actual gama alta do fabricante chinês já incorpora a possibilidade de usar autenticação biométrica avançada para criar espaços seguros que somente podem ser acedidos pelo utilizador, como conteúdo oculto e aplicações escondidas. Mais e melhor proteção para ambientes de negócios que manterão o malware à distância e nos permitem proteger os nossos dados privados contra qualquer ataque malicioso. HiSilicon Kirin 980 Além disso, graças à aprendizagem do próprio dispositivo, ele saberá os nossos usos e as páginas pelas quais navegamos, Detectando de forma automática e transparente mudanças significativas para antecipar problemas. Uma IA a ser explorada ainda, mas obviamente tem potencial para melhorar a prevenção contra ataques mesmo que seja o próprio utilizador quem comete o erro, a IA consegue notificar-nos de páginas Web maliciosas ou aplicações inseguras. Um trabalho positivo em todos os aspectos, e que a Huawei só agora começou e que nos continuar a surpreender no futuro.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais