Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei CFO processa Canadá por detenção

A executiva, que também é filha do fundador da Huawei, Ren Zhengfei, e vice-presidente da Huawei, foi presa em 1 de dezembro de 2018 no Canadá, a pedido dos EUA, que quer que ela seja extraditada alegando que quebrou sanções comerciais ao trabalhar com outra empresa em negócios com o Irão. Depois de estar presa por dez dias, Meng recebeu aprovação de fiança e deve comparecer ao tribunal na quarta-feira (6 de março), quando se espera uma data para uma audiência de extradição.

A Huawei CFO Meng Wanzhou apresentou um processo legal contra o governo canadiano, a agência de controlo de fronteira e a polícia, alegando que a sua detenção e processos relacionados violaram os direitos constitucionais, relata a Reuters.

A executiva, que também é filha do fundador da Huawei, Ren Zhengfei, e vice-presidente da Huawei, foi presa em 1 de dezembro de 2018 no Canadá, a pedido dos EUA, que quer que ela seja extraditada alegando que quebrou sanções comerciais ao trabalhar com outra empresa em negócios com o Irão.

Depois de estar presa por dez dias, Meng recebeu aprovação de fiança e deve comparecer ao tribunal na quarta-feira (6 de março), quando se espera uma data para uma audiência de extradição.

Entre as queixas apresentadas por representantes legais de Meng estão as acusações de que a emissão de um mandado de prisão foi deliberadamente atrasada e que ela foi ilegalmente interrogada antes da sua prisão.

Acusações


O pedido de extradição está relacionado com alegações dos EUA. Segundo os EUA, Meng enganou os bancos internacionais sobre transações ligadas ao Irão envolvendo uma empresa chamada Skycom Tech. Os EUA também acreditam que a Skycom Tech é controlada pela Huawei.

A Huawei nega veementemente que a Skycom Tech seja um parceiro de negócios e insiste que os dois são completamente independentes uns dos outros. O fornecedor chinês também nega a quebra de quaisquer sanções comerciais.

Os processos contra Meng são parte de um quezília mais ampla que envolve  as relações entre os EUA e a China sobre o comércio e problemas de segurança.

O Ministério das Relações Exteriores da China pediu regularmente que os procedimentos de extradição contra Meng sejam retirados pelos EUA e que o Canadá a liberte.

 

Fonte

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais