Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei anuncia receita de vendas impressionante no primeiro semestre de 2018

Huawei divulgou hoje o seu relatório financeiro para o primeiro semestre de 2018. O relatório mostra que a gigante da tecnologia registou uma receita bruta de vendas de 325,7 mil milhões de yuans. A receita para o primeiro semestre de 2018 representa um aumento de 15% em relação ao mesmo período do ano passado. Os números também incluem uma margem de lucro operacional de 14%.

Huawei anuncia receita de vendas impressionante no primeiro semestre de 2018 1

A empresa sugeriu que pretende melhorar a sua eficiência operacional e a qualidade das suas operações. A empresa também espera que o seu ritmo de crescimento e capacidade financeira continuem a subir durante todo o ano.

A ascensão constante da Huawei, que está gradualmente a ameaçar os dois maiores líderes globais de mercado de smartphones, Samsung e Apple, pode ser atribuída à remodelação da sua estratégia de negócios.

O setor de negócios de consumo da Huawei continuou a criar valor para os clientes por meio de inovações tecnológicas. Isso é visto nas inovações em fotografia e inteligência artificial (AI) nos seus mais recentes modelos P20. Além disso, a revolucionária tecnologia GPU turbo, que foi lançada recentemente para os telefones Huawei, é outra inovação que diferencia a empresa dos seus concorrentes.

No terreno PC, o novo Laptop Matebook X Pro com um design de ecrã impressionante recebeu muitos elogios dos media quando foi revelado. O laptop estabeleceu a presença da Huawei no mercado de notebooks high-end.

Não é surpresa, portanto, que a empresa esteja listada entre as empresas globais da Fortune 500 em 2018. O ranking da Huawei cresceu de 83 em 2017 para 72 este ano. A empresa chinesa insinuou que os seus produtos e soluções são usados ​​em mais de 170 países e regiões, atendendo a um terço da população mundial. Além disso, 211 das empresas da Fortune 500, bem como 48 das 100 maiores empresas do mundo, escolheram a Huawei como parceira na transformação digital. É apenas uma questão de tempo até que a Apple ou a Samsung sejam desalojadas dos seus dois primeiros lugares.

(fonte)

 

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link