Honor ultrapassa Xiaomi e Apple ao tornar-se no 3º maior fabricante de smartphones na china

Por outro lado, a Honor ficou em terceiro lugar no mercado de smartphones no seu país de origem, apesar de ter enfrentado problemas de fornecimento inicialmente depois de ter sido vendida pela sua antiga controladora, a Huawei.‎

‎A Honor tornou-se a terceira maior fabricante de smartphones da China, de acordo com um novo relatório. A marca ultrapassou gigantes do setor como a Apple e Xiaomi para alcançar as três primeiras posições no mercado chinês.‎

‎De acordo com o ‎‎ChinaDaily, um relatório da CINNO Research descobriu que as fabricantes chinesas de smartphones Oppo e Vivo ficaram em primeiro e segundo lugar no mercado de smartphones na China, com envios a alcançar 5,6 milhões e 5,3 milhões de unidades, respetivamente. Enquanto isso, a Xiaomi chegou ao quarto lugar com 3,9 milhões de unidades enviadas e a Apple ficou no quinto lugar com 3 milhões de unidades.

Honor ultrapassa Xiaomi e Apple ao tornar-se no 3º maior fabricante de smartphones na china 1

Por outro lado, a Honor ficou em terceiro lugar no mercado de smartphones no seu país de origem, apesar de ter enfrentado problemas de fornecimento inicialmente depois de ter sido vendida pela sua antiga controladora, a Huawei.‎

‎Após a sua total independência, a empresa tinha uma participação de mercado na China de apenas 3%. Mas, desde então, a marca conseguiu garantir e estabilizar a sua cadeia de fornecedores, permitindo que ela crescesse. A Honor lançou recentemente a sua nova série de smartphones Magic 3, que marcou a entrada da empresa no segmento premium high-end do mercado de smartphones. Além disso, o relatório da CINNO Research também constatou que o mercado apresentou um crescimento constante no mês passado, com os envios a subir 28,6% ano a ano, atingindo 26,68 milhões de unidades.‎

Honor ultrapassa Xiaomi e Apple ao tornar-se no 3º maior fabricante de smartphones na china 2

‎Notavelmente, os smartphones com suporte 5G foram a força motriz por trás deste aumento considerável nos envios. Somente os dispositivos 5G representaram 22,83 milhões de unidades, ou cerca de 79,6% das vendas totais. Durante este período, a MediaTek registou um crescimento de 118,3% em relação ao ano anterior, enviando mais de 10,2 milhões de chips em julho de 2021. A Qualcomm ainda ficou no primeiro lugar, enquanto que a Huawei HiSilicon viu as suas vendas caírem significativamente 70%.‎

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Relacionado:  Xiaomi 12 poderá ter variante com duas câmaras principais de 200MP + 50MP
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!