Android Geek
O maior site de Android em Português

Existe um Smartphone dobrável de Escobar que a CES 2020 não quer ver nem pintado

O CTA, órgão responsável pelo programa da feira de electrónicos, aponta que a presença do smartphone não seria “adequada”. Por outro lado, o CEO da Escobar Inc.

O Escobar Fold 1 não é bem-vindo na CES 2020 em Las Vegas. O CTA, órgão responsável pelo programa da feira de electrónicos, aponta que a presença do smartphone não seria "adequada". Por outro lado, o CEO da Escobar Inc. aponta que os principais fabricantes têm medo do seudispositivo.

A primeira vez que ouvimos falar de um novo smartphone dobrável que seria vendido por apenas US $ 350., foi hã um mês. Por trás desse dispositivo, está Roberto Escobar, irmão do famoso traficante de drogas colombiano e Olof Gustafsson, empresário sueco.

Para dizer a verdade, estávamos à espera a CES para saber mais sobre esse dispositivo bastante peculiar.

No entanto, o CTA (Consumer Technology Association) decidiu que não quer o Escobar Fold 1 na CES. Os nossos colegas da CNet tiveram acesso a vários emails trocados entre a organização e Olof Gustafsson, o CEO da Escobar Inc. CTA , onde é referido por parte da organização que a presença do Escobar Fold 1 e dos seus criadores no programa não seria "uma coisa boa".

Existe um Smartphone dobrável de Escobar que a CES 2020 não quer ver nem pintado 1

O Escobar Fold 1 não aparecerá na CES 2020

É importante salientar que a campanha promocional do dispositivo Escobar Fold 1 foi algo peculiar. A empresa publicou videoclipes do dispositivo nas mãos de mulheres a usar  lingerie. É algo sem precedentes no mercado de smartphones. E apesar de gostar de todos os elementos nos vídeos, compreendo que não seja considerado o convencional.

Existe um Smartphone dobrável de Escobar que a CES 2020 não quer ver nem pintado 2

No entanto, Olof Gustafsson afirmou: “A posição dominante da Samsung e de outras grandes empresas de tecnologia prejudica os nossos esforços e claramente somos vistos como uma grande ameaça à sua existência, a ponto de boicotarem especificamente os nossos negócios e os nossos produtos”.

Existe um Smartphone dobrável de Escobar que a CES 2020 não quer ver nem pintado 3

De acordo com os empresários por trás do Escobar Fold 1,a  Samsung não quer partilhar os holofotes durante a CES: “A Samsung tem medo, medo de estarmos presentes no mesmo evento lado a lado enquanto apresentamos um produto muito superior, vendido a um preço melhor. De facto, eles usam o poder que têm para nos silenciar. Esquecem que Pablo Escobar estava lá muito antes deles e estará lá muito depois ”. A Samsung ainda não respondeu às acusações de Gustafsson.

Na verdade o Escobar Fold 1 não é nada mais que um Royole FlexPai com uma pintura dourada e a carismática marca "Escobar". Quanto ás acusações à Samsung, é evidente que um Royole FlexPai rebatizado não iria ofuscar os produtos da empresa coreana, no entanto o hype montado à volta da marca Escobar podia atrair atenções. Mas o evento é uma feira tecnológica e não um circo. O que acham?

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais