Android Geek
O maior site de Android em Português

Como a Xiaomi destronou a Apple e está Top 3 no terceiro trimestre de 2020?

Até ao momento, podemos ver um grande consenso sobre o terceiro trimestre de 2020, que foi marcado por uma lenta recuperação no segmento de smartphones. O negócio de smartphones sofreu um grande impacto com a pandemia COVID-19 no primeiro e segundo trimestre.

Com o final do terceiro trimestre de 2020, as empresas de análise de mercado estão a começar a partilhar os seus relatórios sobre o período de três meses que começou em julho e terminou em setembro. Até ao momento, podemos ver um grande consenso sobre o terceiro trimestre de 2020, que foi marcado por uma lenta recuperação no segmento de smartphones. O negócio de smartphones sofreu um grande impacto com a pandemia COVID-19 no primeiro e segundo trimestre. Os constrangimentos foram causados pela interrupção na cadeia de abastecimento e também pelas políticas de confinamento em alguns países.

Durante o terceiro trimestre de 2020, a maior parte dos mercadoa retomaram as suas operações, o que permitiu aos clientes retomar as suas compras de smartphones. É claro que num ano atormentado pela pandemia, os clientes não estão a dar prioridade aos smartphones em detrimento de produtos essenciais e isso impactou o segmento.

De acordo com a IDC, a Xiaomi entrou no top 3 das empresas mundiais de smartphones destronando a Apple. Para nossa surpresa, a Huawei mantém a segunda posição, apesar de todas as restrições impostas pela proibição dos EUA.

Xiaomi

De acordo com os analistas da IDC, o mercado testemunhou fortes movimentações entre julho e setembro em mercados emergentes como Índia, Brasil, Indonésia e Rússia. Segundo a diretora de análise IDC, Nabila Popal, havia uma procura reprimida por smartphones.

Como a Xiaomi destronou a Apple e está Top 3 no terceiro trimestre de 2020? 1

Porém, a maior fatia dessa margem veio de fortes promoções e descontos especiais. Além disso, a situação actual de trabalho remoto e ensino à distância impulsiona a procura por smartphones de baixo custo na Índia. Isso aumentou a procura por bons aparelhos de baixo custo que são muito mais baratos do que tablets.

Relacionado:  Galaxy Note 9 da Samsung recebe atualização que marca o fim

A Realme foi a empresa mais rápida a ultrapassar a marca de 50 milhões de remessas

Ainda que, outra agência de investigação, a Counterpoint, afirma que a Realme ultrapassou a marca de 50 milhões de remessas mais rápido do que qualquer outra empresa. O motivo? A empresa expandiu rapidamente o seu portfólio 5G na China. Na verdade, a empresa tem atualmente alguns dos smartphones 5G mais baratos da China, como o V5. A empresa ultrapassou a marca de 50 milhões de remessas em apenas 9 meses.

Xiaomi

Nem tudo foi perfeito, pois mercados importantes como China, Europa e América do Norte experimentaram quedas significativas no último trimestre. É importante salientar que algo muito fora do normal aconteceu este ano. A Apple mudou o seu lançamento do iPhone para o quarto trimestre de 2020, o que também ajudou a diminuir os números do terceiro trimestre em todos esses mercados desenvolvidos.

Como a Xiaomi destronou a Apple e está Top 3 no terceiro trimestre de 2020? 2

A Xiaomi poderá manter a sua posição no quarto trimestre de 2020, ou a Apple recuperará o seu lugar com a série iPhone 12?

A Samsung mantém a liderança com um forte aumento nas vendas. A Huawei manteve o segundo lugar, mas caiu mais de 20%. Com esse declínio, é difícil não esperar uma queda para a terceira posição no quarto trimestre de 2020. A menos que a série Huawei Mate 40 se mostre um sucesso significativo. No quarto trimestre de 2020, a Apple pode ver um regresso com a nova série do iPhone 12, mas a Xiaomi não desistirá tão facilmente.

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!