CEO Spotify insatisfeito com as regras da App Store da Apple, vão pressionar por uma 'solução real'

O fundador e CEO do Spotify usou o Twitter para partilhar a sua opinião sobre o assunto.

Recentemente, a Apple anunciou algumas mudanças nas regras aplicadas na App Store para algumas aplicações, e o CEO do Spotify, Daniel Ek, tem algo a dizer sobre essas isso, segundo Informações 9to5Mac. O fundador e CEO do Spotify usou o Twitter para partilhar a sua opinião sobre o assunto. O CEO do Spotify diz que as novas mudanças na App Store não resolvem o problema.

CEO Spotify insatisfeito com as regras da App Store da Apple, vão pressionar por uma 'solução real' 1

Areia para os olhos

Na semana passada, a Apple anunciou que vai permitir que as aplicações incluam um único link na aplicação para os seus próprios sites, permitimdo que os utilizadores se inscrevam e giram as suas contas. Potencialmente, isso poderia permitir que os utilizadores também executassem pagamentos que passariam ao lado da taxa de 30% da App Store da Apple, embora isso não tenha sido especificamente mencionado pela Apple.

Agora, o CEO e fundador do Spotify Daniel Ek afirmou que essas decisões estão na direção certa, mas não resolvem o problema. Ele acrescentou que os programadores querem regras claras para a App Store e regras que se aplicam a todas as aplicações. Ele afirmou que o objetivo é criar uma competição saudável de uma vez por todas, e também acrescentou que uma solução real para o problema em questão é imperativa. Esta não é a primeira vez que os programadores do Spotify expressam o descontentamento com a política da App Store da Apple. O Spotify é um membro fundador da Coalition for App fairness acompanhado pela Epic Games e testemunhou no Congresso em várias ocasiões. A Epic Games, como muitos de provavelmente já devem ter ouvido falar, foi a fabricante de jogos que se rebelou pela primeira vez contra a taxa de 30% que a Apple cobra nas compras na App Store. A principal reclamação do Spotify contra a Apple é que não permite que os utilizadores do iPhone e iPad saibam que podem inscrever-se no Spotify por menos dinheiro diretamente através do seu próprio site em vez de usar as compras na aplicação. A mudança nas regras que a Apple anunciou na semana passada afeta as aplicações "leitores", mas Cupertino enfatizou que isso inclui aplicações que oferecem subscrições de conteúdo para revistas digitais, jornais, livros, áudio, música e vídeo. A mudança é uma oportunidade bem-vinda para programadores e abre opções; no entanto, ainda não está claro como essas diretrizes ficarão e como serão aplicadas.

CEO Spotify insatisfeito com as regras da App Store da Apple, vão pressionar por uma 'solução real' 2

Gráfico criado por Horacio Gutierrez do Spotify

Relacionado:  Associação que representa a Samsung e a Apple opõe-se a proposta de aumento de usabilidade

Diretor jurídico do Spotify, Horacio Gutierrez publicou o gráfico acima no Twitter, dando uma visão geral de como essas novas regras se aplicam. O gráfico inclui um asterisco ao lado de "Proíbe restrições de comunicação de programadores com os seus utilizadores dentro ou fora da aplicação" e ele adiciona "limitado / Não aplicável a todas as aplicações".

Como tudo começou

Em 2019, uma ação coletiva foi accionada contra a Apple por pequenas empresas nos Estados Unidos que se afirmava contra algumas das diretrizes da App Store da Apple. Mas a maioria dos utilizadores provavelmente ouviu falar do problema quando o criador do jogo Fortnite, a Epic Games, enfrentou a Apple e desafiou o gigante de Cupertino. A Epic Games ajustou o código do jogo Fortnite e incluiu um link para um pagamento direto numa tentativa de contornar a taxa de 30% da Apple nas compras. Essa decisão era obviamente contra as regras da App Store e não muito tempo depois, a Epic Games foi saudada com um aviso para corrigir as coisas. Quando a Epic recusou, o jogo Fortnite foi removido da App Store e a conta do programador do criador do jogo foi posteriormente desativada. Isso levou a Epic a abrir um processo (que ainda está em curso), que acusa a Apple de uma taxa injusta de 30% nas compras.

Spotify e Epic Games fundaram uma organização chamada Coalition of App Fairness, que já garantiu a muitos associados, uma luta justa contra a concorrência desleal nas lojas de aplicações. O site da Coalition of App Fairness afirma que todos os programadores de aplicações, independentemente do tamanho ou da natureza dos seus negócios, devem ser capazes de competir num mercado justo.

 

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!