BOE apresenta o seu primeiro protótipo de ecrã dobrável (vídeo)

O smartphone com ecrã dobrável não está longe! ” No vídeo abaixo, podemos ver como o ecrã flexível do BOE pode ser dobrado a partir do meio e como ela muda automaticamente do modo de tablet para o modo de telefone, adaptando a interface do utilizador ao novo fator de forma.

Seguindo os rumores sobre o fabricante de ecrãs chines - BOE - que supostamente comprou segredos da tecnologia do ecrã da Samsung (ainda não há provas disso), a fabricante de ecrãs revelou oficialmente o que parece ser a sua primeira tentativa na moda do ecrã dobrável.

O vídeo, na forma de GIF, foi publicado na rede social chinesa Weibo pela China Unicom - uma operadora de telecomunicações chinesa - com o texto “Na Xinhua News Agency Chengdu New Media Conference, a BOE exibiu os seus próprios ecrãs flexíveis. O smartphone com ecrã dobrável não está longe! ”

No vídeo abaixo, podemos ver como o ecrã flexível do BOE pode ser dobrado a partir do meio e como ela muda automaticamente do modo de tablet para o modo de telefone, adaptando a interface do utilizador ao novo fator de forma.

Após a tendência de "ecrã cheio" de 2018, espera-se que os ecrãs dobráveis ​​sejam a próxima grande novidade na indústria de dispositivos móveis. Muitas empresas já mostraram, de facto, algum tipo de telefone / tablet dobrável, como a Samsung, é outras marcas como ZTE, Huawei e Xiaomi que trabalham na mesma tecnologia.

Embora não tenhamos certeza de que dispositivos dobráveis ​​ocuparão o mercado, estamos satisfeitos que novas empresas como a BOE estejam a participar dessa nova e interessante batalha no que diz respeito à tecnologia dos ecrãs.

Relacionado:  Como silenciar a câmara do seu smartphone Huawei ao tirar fotos

O que que acham? A BOE será capaz de alcançar a Samsung?

 

Fonte

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!