Associação Americana do Coração alerta para possíveis interferências do MagSafe com Pacemakers

De acordo com um artigo de pesquisa da ‎‎AHA‎, ‎o Pacemaker feito por três grandes marcas, incluindo Medtronic, Abbott e Boston Scientific, eram todos vulneráveis à interferência magnética.

‎A tecnologia MagSafe que é um recurso de destaque nos mais recentes modelos iPhone da Apple, poderá representar um risco para pessoas com Pacemaker. A Associação Americana do Coração emitiu um aviso sobre a possível interferência do MagSafe para pessoas em risco.‎

Associação Americana do Coração alerta para possíveis interferências do MagSafe com Pacemakers 1

‎De acordo com um artigo de pesquisa da ‎‎AHA‎, ‎o Pacemaker feito por três grandes marcas, incluindo Medtronic, Abbott e Boston Scientific, eram todos vulneráveis à interferência magnética. Por outras palavras, isto é potencialmente muito perigoso para as pessoas que têm estes Pacemakers, pois eles poderão não funcionar corretamente. Para quem não sabe, um Pacemaker é um pequeno dispositivo que é usado para tratar a arritmia, que faz com que o coração bata muito rápido ou muito lento ou mesmo errático às vezes.‎

‎A AHA observou que "a tecnologia do iPhone 12 Pro Max MagSafe da Apple, pode causar interferência de ímãs em CIEDs [mais conhecidos como Pacemakers] e tem o potencial de interromper a funcionalidade de salvar uma vida". O MagSafe, da gigante baseada em Cupertino, oferece recursos de carregamento sem fio e usa ímãs para carregar rapidamente dispositivos. Além disso, o número de ímãs alojados nos modelos do iPhone 12 é maior do que os presentes nas versões anteriores do dispositivo.‎

Relacionado:  Samsung deverá enviar 7.2 milhões de equipamentos dobráveis em 2021

Associação Americana do Coração alerta para possíveis interferências do MagSafe com Pacemakers 2‎Quando os iPhones foram colocados perto de 11 Pacemakers e desfibriladores diferentes, alguns implantados em pacientes e outros não. Este teste resultou em três dos dispositivos internos registrando algumas interferências, juntamente com oito dos externos também. Essas interferências poderiam potencialmente levar a "ritmo assíncrona ou desativação de terapias anti-taquicárcáricas". Numa declaração anterior, a Apple havia sugerido que pessoas com Pacemakers mantivessem os acessórios MagSafe e iPhone a mais de 15 cms de distância dos seus equipamentos.‎

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!