Android Geek
O maior site de Android em Português

Apple faz tanto dinheiro quanto a Samsung e Huawei juntas, apesar da queda nas vendas do iPhone

Apesar disso, o preço médio de venda (ASP) dos smartphones na verdade aumentou 10 por cento quando comparado ao mesmo período do ano passado. A Empresa de análise de mercado CounterPoint atribuiu isso à resiliência demonstrada pelo segmento premium, que não sofreu tanto com a pandemia quanto outras categorias.

O mercado global de smartphones encolheu 23% ano a ano durante o segundo trimestre de 2020, com a receita em queda acentuada de 15%.

Apesar disso, o preço médio de venda (ASP) dos smartphones na verdade aumentou 10 por cento quando comparado ao mesmo período do ano passado.
A Empresa de análise de mercado CounterPoint atribuiu isso à resiliência demonstrada pelo segmento premium, que não sofreu tanto com a pandemia quanto outras categorias.

No geral, as vendas de telefones de última geração caíram apenas 8 por cento em comparação com o trimestre do ano anterior, que é menos do que o declínio médio.

A maior parte do mundo estava confinada durante o segundo trimestre, o que aumentou a dependência dos utilizadores dos seus smartphones. A Counterpoint acredita que isso levou alguns consumidores a atualizar os seus telefones para uma melhor experiência do utilizador.

Durante o segundo trimestre, a maioria dos telefones habilitados para 5G no mercado eram dispositivos premium

Um aumento nas vendas de equipamentos com suporte 5G também pode ter contribuído para amortecer o impacto do COVID-19 nas vendas de telefones de última geração. Embora as vendas gerais tenham caído, as remessas de 5G cresceram mais de 43 por cento sequencialmente durante o trimestre. O crescimento foi alimentado principalmente pela China, que respondeu por mais de três quartos das remessas 5G. Naquela altura, a China já estava a recuperar da pandemia.

Embora os telefones 5G representem 10% das remessas globais de aparelhos, eles contribuíram com 20% da receita total. Isso porque a maioria dos telefones 5G no mercado no segundo trimestre de 2020 eram dispositivos de primeira linha.

A China contribuiu com 72% da receita global de 5G e 34% da receita geral de smartphones durante o trimestre.

Huawei vendeu a maioria dos telefones durante o trimestre, seguida pela Samsung

A maior parte do crescimento na China foi alimentado pela Huawei, o que também explica por que foi capaz de ultrapassar Samsung durante o período de abril a junho e tornar-se o maior fornecedor de aparelhos em volume. A empresa também respondeu por 20% da receita global.
A Samsung, por outro lado, foi responsável por 17 por cento da receita total. A fabricante viu um declínio de 29 por cento nas vendas de um ano para outro, já que a maioria dos seus principais mercados entraram em confinamento logo após o lançamento da série S20.

A receita do iPhone cresceu em todos os mercados

 

 

 

 

 

A Apple, foi o terceiro maior player em termos de volume de remessas, ganhou mais dinheiro no segundo trimestre de 2020. Isso porque foi a marca mais favorecida no segmento premium e aumentou as vendas do iPhone 3 por cento ano a ano. A receita do iPhone também subiu 2 por cento quando comparada ao trimestre do ano anterior.

A Apple captou 34% da receita global de smartphones e 59% do lucro da indústria no segundo trimestre. A empresa teve resultados particularmente bons na China, com crescimento de vendas de 32 por cento, o que a tornou o OEM de crescimento mais rápido no país.

 

 

 

 

 

 

O desempenho pode ser atribuído à procura pelo iPhone 11 e o desempenho promissor do iPhone SE.
A Apple deve anunciar o seu primeiro iPhone 5G, o iPhone 12 no próximo mês e os analistas acreditam que a empresa tem uma possibilidade real de alcançar o sucesso do iPhone 6 com as novas ofertas.
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!