Afinal o Google tinha planeado enviar o Pixel 5 com o novo chipset Tensor

A comunidade de utilizadores de smartphones sempre ficou perplexa com o porquê do Google Pixel 5 ter um SoC Qualcomm 765G, que é inferior ao Snapdragon 855 encontrado no Pixel 4.

O youtuber Marques Brownlee revelou num recente vídeo que a Google planeava lançar os seus chips Tensor com o Pixel 5 em 2020, mas decidiu não o fazer no último minuto.

Afinal o Google tinha planeado enviar o Pixel 5 com o novo chipset Tensor 1

 

A comunidade de utilizadores de smartphones sempre ficou perplexa com o porquê do Google Pixel 5 ter um SoC Qualcomm 765G, que é inferior ao Snapdragon 855 encontrado no Pixel 4. Talvez possamos ajudá-los a entender o porquê, agora. O famoso youtuber Marques Brownlee revelou num recente vídeo em que discutia todos os telemóveis da Google que a mesma estava a trabalhar no Tensor há muito tempo e queria lançá-lo mais cedo.

“Tinham a intenção de o Pixel 5 ser o primeiro telefone com o Tensor.” “Mas depois, com o covid e problemas na cadeia de fornecimento e um monte de outras coisas a atrapalhar, tiveram de abandonar este plano no último segundo”, afirmou Brownlee.

“Mas eles ainda queriam lançar um novo telefone, por isso colocaram um Snapdragon 765G neste, e arregaçaram as mangas para o Pixel 6.”

Brownlee afirmou que, através das suas conversas com os colaboradores do Google, soube que o Pixel 5 estaria equipado com um chipset Tensor. No entanto, a cadeia de fornecimento e outros problemas surgiram como resultado da pandemia global, obrigando a Google a equipar o telefone com o chipset de gama média Qualcomm Snapdragon 765G e assim atrasar o lançamento do seu chip Tensor até ao próximo ano.

Afinal o Google tinha planeado enviar o Pixel 5 com o novo chipset Tensor 2

Então, como seria um Pixel 5 com um processador Tensor? Para começar, o processador teria sido uma melhoria significativa sobre o Snapdragon 765G, permitindo um desempenho mais suave. Graças ao GPU Mali-G76 no chip Tensor, poderíamos esperar cerca do dobro do desempenho no departamento da GPU.

Infelizmente, o Pixel 5 equipado com um chipset Tensor, nunca foi lançado, mas deu à Google mais tempo para refinar e otimizar o chip Tensor, que está agora disponível na linha Pixel 6. Diz-se que há males que vêm por bem, no entanto o Pixel 5, com esta situação ficou bastante aquém do prometido.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!
Deixe um comentário