Android Geek
O maior site de Android em Português

Administração Trump considerou construir uma rede de 5G propriedade do governo

 Na noite passada, a Axios descobriu um documento do Conselho Nacional de Segurança do governo Trump que continha a ideia de uma rede sem fio 5G propriedade do governo. O raciocínio por trás de tal ideia era que, se usassem redes de empresas chinesas correriam o risco de serem espiados e verem os seus segredos caírem na mão de inimigos. A bela e velha paranóia norte americana. Na minha opinião o problema dos EUA é assumirem que o resto do mundo se porta como eles.
Administração Trump considerou construir uma rede de 5G propriedade do governo 1
Esta história parece ridícula mas nao tão ridícula quanto o assalto à Huawei que vimos durante e imediatamente após a CES . Tanto a Huawei como a ZTE foram mencionadas várias vezes ao longo deste documento.
Um membro da administração Trump disse à Reuters na noite passada que esta proposta Trump 5G só estava a ser debatida em baixos níveis de decisão e que provavelmente demoraria seis a oito meses ate ser considerada pelo presidente. Eles confirmaram que o raciocínio para uma rede 5G de propriedade do governo era parar a ameaça da China à segurança cibernética e economica dos EUA. Eles querem uma rede onde o “chinês não possa ouvir as suas chamadas”, disse um alto funcionário.

Com tudo isso em mente (seja medo realista ou sem fundamento), a administração Trump disse hoje à Recode que atualmente não têm planos de construir qualquer rede 5G. As fontes sugeriram que esta proposta era simplesmente uma ideia de um membro da equipa e talvez nunca venha a ver a luz do dia.

O presidente da FCC, Ajit Pai, também falou esta manhã, dizendo que se opõe a “qualquer proposta para o governo federal construir e operar uma rede nacional de 5G”. Considera que o setor privado deve gerir as redes sem fio e definir “regras que incentivem” a desenvolver a infraestrutura de próxima geração, como a 5G.

E é tudo o que há a dizer sobre isto. Mais uma prova da paranóia dos EUA.

// Axios | Reuters | Recode

 

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link