A plataforma de streaming de música mais popular não é o Spotify

Alguns dos nossos leitores podem conhecer alternativas como Pandora, Deezer, e Amazon Prime Music. Embora todos tenham números impressionantes de assinantes, nenhum deles é o maior ou o mais popular serviço de streaming de música – nem de longe.

Quando pensamos sobre os melhores serviços de streaming de música, Spotify e Apple Music são provavelmente os dois primeiros que vêm à mente. Alguns dos nossos leitores podem conhecer alternativas como Pandora, Deezer, e Amazon Prime Music.

A plataforma de streaming de música mais popular não é o Spotify 1

Embora todos tenham números impressionantes de assinantes, nenhum deles é o maior ou o mais popular serviço de streaming de música - nem de longe.

O YouTube e os seus dois mil milhões de utilizadores ativos mensais esmagam toda a concorrência em termos de números e popularidade.

Como é que o YouTube, o serviço de streaming de video ultrapassa o poderoso Spotify quando falamos de música? Venham descobrir.

Como nasceu o Spotify?

 

Fundado em 2006 e lançado em 2008, o Spotify teve um sucesso acentuado em todo o mundo. Com 60 milhões de faixas, quatro mil milhões de listas de reprodução e 1,9 milhões de podcasts, o Spotify é um dos principais destinos para música e outro conteúdo aúdio.

Generic-Spotify-Hero.pngw728.png

O popular serviço de streaming de música experimentou o seu primeiro crescimento acentuado quando foi lançado no Reino Unido em 2009 e mais tarde nos EUA em 2011. O Spotify alcançou o seu primeiro milhão de assinantes pagantes na Europa em março de 2011. Dobrou esse número para dois milhões em setembro do mesmo ano. Em agosto de 2012, a base total de utilizadores do Spotify atingiu 15 milhões de utilizadores ativos, com cerca de quatro milhões de assinantes pagantes. A empresa alcançou rapidamente 20 milhões de ouvintes globais e cinco milhões de utilizadores pagantes - onde se inclui um milhão nos Estados Unidos - em dezembro de 2012.

Os números do Spotify continuaram a crescer. Em maio de 2014, relatou uma base total de clientes de 40 milhões, com 10 milhões pagantes. A ascensão meteórica continuou no ano seguinte, com 75 milhões de utilizadores no total, com 20 milhões pagantes. O Spotify atingiu 100 milhões de ouvintes e 40 milhões de assinantes pagantes em meados de 2016.

Hoje, o Spotify tem 320 milhões de clientes mensais, com 144 milhões a pagar por um dos planos premium do Spotify. O serviço está disponível em 92 mercados em todo o mundo. Para pôr isso em perspectiva, o serviço de música número dois do mundo, Apple Music, tinha cerca de 72 milhões de assinantes em junho de 2020, informações Statista.

Os milhões do Spotify não se comparam aos mil milhões do YouTube

Se os números do Spotify são impressionantes, os do YouTube são espantosos. A competição Spotify x YouTube é quase ridícula.

A plataforma de streaming de música mais popular não é o Spotify 2

Sem contar com as canções infantis como "videoclipes", os sete dos 10 melhores vídeos do YouTube de todos os tempos são vídeos musicais. Além disso, 17 dos 20 primeiros, 27 dos 30 melhores e 37 dos 40 melhores também são videoclipes. Na verdade, quase todos os 100 melhores vídeos do YouTube de todos os tempos são videoclipes. Isso dá uma boa ideia de para que as pessoas usam o YouTube. Os grandes artistas já lançam as suas últimas faixas no YouTube. Luis Fonsi's e o seu “Despacito, ” tem 7.087.915.396 visualizações. Existem muitos outros nomes entre os dez primeiros que devem reconhecer. Esses incluem Ed Sheeran, Wiz Khalifa, Mark Ronson / Bruno Mars, Psy, Justin Bieber e Maroon 5.

Relacionado:  Petal Mail: um e-mail completo da Huawei e alternativa ao Gmail do Google

O YouTube tem uma vantagem distinta - é um dos principais destinos na Internet em todo o mundo. Na verdade, o YouTube é o segundo site mais visitado. Possui o segundo maior motor de busca da web e possui mais de 30 milhões de utilizadores ativos diariamente. Eles assistem a cerca de mil milhões de vídeos por dia. Além disso, o YouTube é responsável por 37% de todo o tráfego da Internet e os utilizadores assistem até 40 minutos via smartphone todos os dias.

O YouTube está incluído nativamente na grande maioria dos telefones Android vendidos globalmente. Para 2020, a IDC espera remessas de telefones Android até 1,055 mil milhões.

O Spotify, a título de comparação, vem em relativamente poucos telefones de fábrica. Isso dá ao YouTube uma grande vantagem na competição. A plataforma de vídeo do Google está disponível em mais de 80 idiomas em mais de 100 países.

YouTube Music é uma história diferente

Tecnicamente, o YouTube não é um serviço de streaming de música. O principal produto do site é o vídeo, embora as pessoas usem o YouTube como um serviço de música.

O aplicativo de música do YouTube se junta ao clube de 500 milhões de downloads

O YouTube Music é um serviço independente de streaming de música do YouTube - tem o seu próprio site online, aplicação e base de utilizadores. O serviço apareceu pela primeira vez em novembro de 2015. No início deste ano, bateu a Google Play Music como o principal / único serviço de streaming de música do Google. Como o Spotify e o Apple Music, o YouTube Music está disponível em planos gratuitos e pagos. Está disponível em cerca de 95 países ao redor do mundo.

Os números do YouTube Music empalidecem em comparação com outros serviços de música, pelo menos por agora. Os assinantes pagos do YouTube Music totalizam cerca de 30 milhões, de acordo com a informação de ganhos trimestrais mais recente do Google. No entanto, é um aumento significativo em relação aos 20 milhões de há um ano. Isso significa que a transição do Google Music para o YouTube Music rendeu ao YouTube Music 10 milhões de novos utilizadores de forma rápida.

Claramente, o YouTube Music é um serviço ainda jovem que fica atrás do Spotify e da Apple Music por uma grande margem. O YouTube propriamente dito, no entanto, está tão à frente de qualquer outro serviço que, apesar do seu foco em vídeo, continuará a ser o destino número um para música no futuro próximo.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!