Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei pede que os EUA mostrem provas e que não usem a imprensa para espalhar boatos

A Huawei afirma que os EUA não têm nenhuma evidência para sustentar a alegação de que a empresa chinesa usa “backdoors” nas suas redes. O “The Wall Street Journal” citou funcionários do governo dos EUA e diz:

A  Huawei vê-se mais uma vez na desconfortável posição de ter que desmentir uma informação do Wall Street Journal que afirma que o EUA têm provas da capacidade da Huawei de espionar os seus equipamentos. A Huawei afirma que os EUA não têm nenhuma evidência para sustentar a alegação de que a empresa chinesa usa "backdoors" nas suas redes.

Empresas Huawei Huawei proibição

O "The Wall Street Journal" citou funcionários do governo dos EUA e diz: "Temos provas de que a Huawei tem a capacidade de obter secretamente informações confidenciais através dos equipamento de rede que vende e mantém".

O Wall Street Journal também afirma que "de acordo com os requisitos legais, os fabricantes de equipamentos de rede de telecomunicações precisam deixar backdoors em hardware para que as autoridades acedam à rede para fins legítimos", mas "os fabricantes de equipamentos não podem aceder a estes dados sem o consentimento do operador" . De acordo com a informação do WSJ, a Huawei viola as leis e "consegue ​​aceder à rede secretamente sem o conhecimento do operador usando a  BackDoor do dispositivo".

Os EUA têm provas contra a Huawei?

A Huawei disse recentemente: “O Wall Street Journal está claramente ciente de que o governo dos EUA não tem nenhuma  nenhuma evidência para apoiar as suas alegações. No entanto, o Wall Street Journal escolhe repetir as mentiras divulgadas por essas autoridades americanas. Isto afeta a sua credibilidade. "

De acordo com a fabricante chinesa, é impossível aceder á rede dos clientes sem que o cliente se aperceba. A Huawei não consgeue passar por cima das operadoras, controlar os acessos e obter dados dos seus clientes sem ser detectada por todos os firewalls e sistemas de segurança convencionais.

O fabricante chinês disse: “A acusação americana é apenas um método de chamar á atenção. Não está de acordo com nenhuma lógica reconhecida no campo da segurança da rede. A Huawei não po fez no passado e não invadirá secretamente as redes de telecomunicações no futuro.

“Estamos indignados que o governo dos EUA não tenha poupado esforços para difamar a Huawei. Se o governo dos EUA encontrar provas para as violações de que acusa a Huawei, mais uma vez pedimos solenemente aos Estados Unidos que divulguem as provas em vez de usar a imprensa para espalhar boatos.

Uma informação do Washington Post desta semana revela como a CIA usou uma empresa de criptografia durante décadas para monitorizar e espionar outros países. 

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais