Android Geek
O maior site de Android em Português

A história repete-se. CEO da Xiaomi, Lei Jun, apanhado com um iPhone

Mas o que deveria ser surpreendente é quando essa elite é o CEO de uma grande empresa de telefones na China. O CEO da Xiaomi, Lei Jun, foi recentemente apanhado por internautas na rede social chinesa Weibo a publicar a partir de um iPhone.

Os produtos da Apple são populares na China, não é de surpreender que seja o telefone preferido das elites chinesas. Mas o que deveria ser surpreendente é quando essa elite é o CEO de uma grande empresa de telefones na China.

A história repete-se. CEO da Xiaomi, Lei Jun, apanhado com um iPhone 1

O CEO da Xiaomi, Lei Jun, foi recentemente apanhado por internautas na rede social chinesa Weibo a publicar a partir de um iPhone.

A história repete-se. CEO da Xiaomi, Lei Jun, apanhado com um iPhone 2

Quer a publicação tenha sido feita pelo próprio Lei Jun ou por alguém que gira as suas redes sociais, é absolutamente inadmissível.

A Weibo geralmente detecta o smartphone do qual uma publicação é feita e, no passado, essa era uma maneira de saber que um smartphone não lançado já estava pronto.

Lei Jun partilhou uma publicação a incentivar os fãs a comprar alguns livros, o que não deveria gerar controvérsia. Mas o fundador da Xiaomi publicou a mensagem de um iPhone. O incidente gerou alvoroço, pois a maioria dos fãs expressou as suas opiniões sobre o assunto. Lei Jun

Lei Jun parece ter excluído o post, mas o parceiro da Xiaomi, Pan Jiutang, falou em defesa de Lei. Ele descreveu como hipócrita qualquer CEO ou gestor de produto de uma marca de smartphone que não tenha experimentado a Apple, Samsung ou outros telefones de marcas concorrentes. Também revelou que às vezes as inovações são copiadas e depois melhoradas. Isso não está longe da verdade, já que o CEO da Huawei, Richard Yu, e o CEO da Realme, jáfforam apanhados com iPhones. Foi descoberto que até Li Nan, ex-executivo da Meizu, mudou para um iPhone depois de deixar a Meizu.A história repete-se. CEO da Xiaomi, Lei Jun, apanhado com um iPhone 3

Com toda a justiça, os dados de que dispomos apontam que que Lei Jun afirmou no passado que funcionários e equipas da Xiaomi não estão proibidos de usar marcas concorrentes. Mas alguns têm a opinião de que é desagradável e desrespeitoso para os fãs o uso de um iPhone pelo fundador da Xiaomi.

Acho que fica explicado por que a interface MIUI se parece tanto com o iOS.

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!