Android Geek
O maior site de Android em Português

A batalha de Chipsets de 5nm em 2020 é entre Apple e Huawei

Podemos especular sobre o que isso significa, olhando para alguns números. O A13 Bionic de 7nm, atualmente na série iPhone 11 e iPhone SE (2020), tem 8,5 mil milhões de transistores; o Chipset A14 Bionic terá 15 mil milhões de transistores.

Entre os dois primeiros chipsets para smartphones a serem fabricados pela fundição TSMC no nó de processo de 5 nm, estão o A14 Bionic da Apple e o HiSilicon Kirin 1020 da Huawei.

Podemos especular sobre o que isso significa, olhando para alguns números.

O A13 Bionic de 7nm, atualmente na série iPhone 11 e iPhone SE (2020), tem 8,5 mil milhões de transistores; o Chipset A14 Bionic terá 15 mil milhões de transistores. Quanto mais transistores dentro de um semicondutor, mais poderoso e energeticamente eficiente ele é.

O Kirin 1020 SoC de 5nm da Huawei é mais caro de produzir do que o A14 Bionic de 5nm da Apple

De acordo com o WCCFtech, um especialista chinês publicou na rede social chinesa Weibo, sob o nome "Mobile Chipset master", que, embora os SoC A14 Bionic e o Kirin 1020 sejam fabricados no mesmo nó do processo, o último Kirin 1020 é mais caro do que o Bionic que irá alimentar os novos produtos Apple com conectividade 5G. Além disso, o primeiro Chipset de 5nm da Huawei é supostamente maior que o primeiro chipset de 5nm da Apple, mas não tão grande quanto o Chipset ARM usado na próxima linha MacBook. O Kirin também será mais caro de desenvolver do que os outros dois Chipsets de que aqui falamos.
A batalha de Chipsets de 5nm em 2020 é entre Apple e Huawei 1

Embora os entusiastas gostem de usar testes de benchmark como o Geekbench para determinar qual é o Chip mais rápido, até ao momento nenhum Chipset HiSilicon jamais superou o desempenho dos chipsets da Apple; no entanto, há especulações de que o Kirin 1020 proporcionará um aumento de desempenho de 50% em relação ao Kirin 990. Será rápido o suficiente para superar a Apple?

Outros Chipsets de 5nm que chegarão em 2021 incluem o Snapdragon 875 da Qualcomm e o Exynos 1000.

A Huawei planeia usar o Kirin 1020 para alimentar a sua principal série de telefones do segundo semestre, o Mate 40. A linha Mate apresenta geralmente os telefones tecnologicamente mais avançados do fabricante para o ano. Também é esperado que os Chipsets sejam usados ​​em estações base para redes 5G.

Atualmente, a Huawei não é apenas a maior fabricante de smartphones do mundo, mas também é o principal fornecedor de equipamentos de rede do mundo. Mas o acesso aos Chipsets Kirin 1020 em quantidades suficientes não é certo. A partir de 15 de setembro; entraem vigor uma nova regra de exportação dos EUA que proíbe todas as fundições que produzem Chipsets que usem tecnologia americana de vender Chipsets à Huawei sem uma licença especial. A TSMC diz que é obrigada a acatar a decisão.

No ano passado, quando a Huawei se viu privada da sua cadeia de fornecedores nos EUA, conseguiu contornar a proibição ao comprar componentes nas filiais estrangeiras das empresas americanas.
A Huawei pode tentar uma estratégia similar com os Chipsets. A cadeia de fornecedores de semicondutores tem várias etapas e pode permitir que as empresas enviem Chipsets, alegando que não sabiam que a Huawei era o comprador final.
Willy Shih, especialista em tecnologia da Harvard Business School, explica que "a proibição impede vender diretamente para a Huawei. Mas como é possível saber para onde vai o produto se venderem a um distribuidor?"
A razão pela qual a Huawei está tão empenhada em garantir Chipsets é o facto de que apenas duas fundições conseguem neste momento produzir Chipsets de 5 nm, a TSMC e a Samsung. A maior fundição da China, a SMIC, aindattrabalha em nós de processo de 14nm. No entanto, com equipamentos litográficos avançados a caminho, a SMIC vai conseguir chegar a uma produção em nós de processo de 10 nm e 7 nm, eventualmente.

Apesar de produzir telefones com as mãos atadas atrás das costas em 2020 a Huawei vendeu 55,8 milhões de unidades durante o segundo trimestre, superando a Samsung e a Apple.

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!