Android Geek
O maior site de Android em Português

ZTE fora de perigo depois do Senado remover cláusula de defesa

A ZTE tem feito as manchetes há meses sobre a proibição dos EUA que ocorreu em abril. Como a maioria sabe, a proibição impedia a ZTE de receber dos EUA qualquer produto ou serviço o que efetivamente parou a empresa.

O presidente dos EUA, Trump, fechou um acordo com o presidente chinês Xi para suspender a proibição da ZTE se a empresa cumprisse com multas, mudanças na equipa e supervisão. Assim que a ZTE implementou essas mudanças, o Senado dos EUA acrescentou uma cláusula a um projeto de lei de gastos críticos de defesa que reverteria o acordo do presidente. A Câmara dos Deputados dos EUA já havia aceite uma versão diferente da Lei de Autorização de Defesa Nacional, o que significava que as duas versões da lei teriam que ser corrigidas até que ambas as câmaras chegassem a acordo em uma versão única. Isso levou a ZTE a ficar no limbo durante a maior parte do verão. Isto agora chegou ao fim, pois o Senado retirou a cláusula da ZTE do projeto.

O que isso significa para a ZTE?

A ZTE pagou as multas de US $ 1 mil milhões e colocou os US $ 400 milhões em depósito que o acordo exigia. Desde que a empresa atendeu às exigências dos EUA, está de volta aos negócios e recentemente começou a receber os componentes necessários dos EUA para continuar as suas operações de forma normal.
Presumivelmente, agora que o Senado removeu arrumou o assunto , a ZTE continuará a operar dentro da normalidade . O movimento para apoiar o acordo do presidente foi iniciado pelo grupo republicano do Senado, com alguns poucos opositores.

Fonte

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!
close-link