Xiaomi Redmi Note 4 explode no bolso do utilizador

dav

Após o fiasco do Note 7, a Samsung aprendeu com esse erro e criou bases solidas e fez avultados investimentos para impedir incêndios e explosões com as baterias dos seus equipamentos. E parece que está na hora de todos os fabricantes mundiais de smartphones, seguirem o exemplo da Samsung e implementar a proteção da bateria nos seus próximos equipamentos.

Recentemente, um utilizador do Redmi Note 4, da Xiaomi, informou que o seu dispositivo explodiu enquanto estava no bolso, causando-lhe queimaduras de segundo grau na coxa. De acordo com o relatado, o smartphone pegou fogo enquanto o utilizador "Bhavana Suryakiran" estava a pedalar na sua bicicleta. Felizmente para ele, quem assistiu de imediato deu todo o apoio para o resgatar daquela situação, e para despejar água sobre o mesmo. Os relatórios também dizem que o utilizador tinha comprado o seu Redmi Note 4 há apenas 20 dias, e por essa razão, vai levar o caso a tribunal.

A Sakshi News TV disponibilizou várias imagens e um vídeo que mostra as marcas das queimaduras na coxa do utilizador, tal como o Redmi Note 4, queimado.

Relacionado:  Nova linha Galaxy Fold da Samsung chega hoje a Portugal

Felizmente estes casos são cada vez mais raros, no entanto as fabricantes deveriam tomar medidas para situações como estas fossem impossíveis de acontecer.
Abaixo podem ver o vídeo onde se vê claramente o equipamento em combustão:

É quase impossível protegermo-nos da possibilidade de termos um equipamento defeituoso, mas se seguirmos as recomendações dos fabricantes no que a carregadores diz respeito podemos minimizar as possibilidades de supresas "explosivas".

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!