Android Geek
O maior site de Android em Português

Xiaomi abre novo centro de investigação ao lado da Nokia na Finlândia

A Xiaomi, veio recentemente registar uma empresa de pesquisa e desenvolvimento em Tampere, na Finlândia, para concentrar-se na tecnologia de câmaras.

A nossa conhecida e grande marca de produtos eletrónicos, a Xiaomi, pode ter começado a sua história no Oriente, mais precisamente na China e na Índia. Mas a viagem não acabou aí, antes pelo contrário. Com olhos postos na europa, a marca chinesa começou a sua jornada na nossa direção.

A Xiaomi, veio recentemente registar uma empresa de pesquisa e desenvolvimento em Tampere, na Finlândia, com foco no que parece ser, a tecnologia das suas câmaras fotográficas.

Xiaomi e Nokia vizinhas na Finlândia

Relembramos que esta é a cidade de eleição, de outros especialistas em câmaras fotográficas, que aqui também começaram a fazer história, graças ao centro de pesquisa da Nokia que se encontra instalado neste pacata vila.

A Xiaomi, pretende seguir os passos da Huawei, que em 2016, abriu um centro de desenvolvimento e pesquisa nesta cidade finlandesa. Na época, o fabricante chinês contratou vários especialistas da Nokia para as suas fileiras e também fez uma parceria com a Leica, colocando os seus smartphones "topo de gama" - como as melhores câmaras para telemóveis do mercado.

Xiaomi Nokia

Como foi comprovado, pela classificação DxOMark, que coloca quatro smartphones da Huawei nos top seis, bem como a experiência positiva de milhões de utilizadores satisfeitos.

Isso também pode fazer parte de uma colaboração entre a Nokia e a Xiaomi de há dois anos, em que ambas as empresas fizeram um acordo de colaboração que foi centrado em licenciamento de patentes entre as duas empresas.

Xiaomi abre novo centro de investigação ao lado da Nokia na Finlândia 1

A Nokia concordou em fornecer equipamentos e as suas infra-estruturas, da sua rede ao seu parceiro chinês, bem como dar acesso ao seu portfólio, rico em patentes.

Esta nova expansão em rumo à europa da empresa chinesa, pode ser o resultado desta parceria com a finlandesa.

Acreditamos que a Xiaomi fará também, a sua quota parte de pesquisas sobre produtos dentro das instalações. Mas a empresa decidiu iniciar o processo de pesquisa e desenvolvimento de tecnologias relacionadas com o seu departamento fotográfico.

O significa que, talvez num futuro próximo, seja possível ver dispositivos Xiaomi, com câmaras muito melhores, que até agora tem sido sempre o seu ponto mais fraco. 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais