Xiaomi MI 11 foi analisado pela DxOMark e obteve 120 pontos

No entanto, esta pontuação coloca-o muito atrás da sua variante mais potente, ‎Mi 11 Ultra‎‎, que lidera a lista de smartphones da ‎‎DxOMark com 143 pontos.‎

‎Quatro meses após seu lançamento, ‎‎a DxOMark‎‎lançou a sua análise da câmara do smartphone flagship da Xiaomi para 2021, Mi 11. O primeiro da ‎‎série ‎‎Mi 11‎‎ ‎‎ que tem uma câmara de 108MP foi premiado com uma pontuação de 120 pontos, empatando assim com vários telefones como o ‎‎Pixel ‎‎5‎‎.
No entanto, esta pontuação coloca-o muito atrás da sua variante mais potente, Mi 11 Ultra‎‎, que lidera a lista de smartphones da ‎DxOMark com 143 pontos.‎
Xiaomi MI 11 foi analisado pela DxOMark e obteve 120 pontos 1

‎A pontuação geral do Mi 11 foi atribuída com 127 pontos para foto, 59 pontos para zoom e 107 pontos para vídeo. Quando comparado com o ‎‎Mi 10T Pro,‎‎ que também tem uma configuração de câmara tripla de 108MP, o Mi 10T Pro 5G pontua mais em zoom com 61 pontos e na categoria de vídeo com 110 pontos, mas tem uma pontuação fotográfica menor de 121 pontos.‎

‎De acordo com a análise, o Mi 11 geralmente consegue uma exposição correta, mas às vezes sub-expõe em alguns casos o que resulta em sombras cortadas. No entanto, estas raramente são um problema devido ao alcance dinâmico bastante amplo do telefone.‎

A DxOMark elogia as imagens altamente detalhadas da câmara principal, ela ainda ganha uma nova pontuação alta de 111 pontos para textura. O foco automático não é muito bom quando comparado com alguns outros flagships, pois perde muito em baixa luminosidade, mas é rápido e preciso quando há luz suficiente. A câmera ultra angular também faz um bom trabalho, mas algumas das desvantagens são a suavidade nos cantos e a cores menos equilibradas.‎

Relacionado:  Mi Band 6 ajuda a Xiaomi a superar a Apple na liderança global em dispositivos Wearable

Xiaomi MI 11 foi analisado pela DxOMark e obteve 120 pontos 2

‎O Mi 11 teria pontuado mais alto se tivesse uma câmara telefoto que teria ajudado a sua pontuação de zoom, mas a Xiaomi decidiu colocar uma câmara macro de 5MP. O efeito colateral disto é que começam a perder detalhes quando começam a ampliar.‎ ‎Para retratos, o Mi 11 faz um bom trabalho com a separação do sujeito do fundo, mas os resultados às vezes podem ser inconsistentes e artefatos muitas vezes aparecem nas imagens.

‎A câmara principal de alta resolução também ajuda o Mi 11 com sua alta pontuação de vídeo. A análise menciona que os níveis de ruído são "impressionantemente baixos" e há muitos detalhes ao gravar em 4K. Infelizmente, ele sofre de uma queda na precisão de cores ao gravar com pouca luz.‎

 

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!
Fonte DxOMark