Android Geek
O maior site de Android em Português

Xiaomi escala a montanha das empresas mais valiosas da Forbes

Números impressionantes. No ano passado, 2019, a empresa chinesa entrou na lista da revista Forbes das 2.

A Xiaomi vem a escalar a olhos vistos os rankings de fabricantes mais bem sucedidos, isto vem a acontecer há já alguns anos e, de facto, desde que chegou oficialmente à Europa, a empresa chinesa não abrandou o ritmo, até ser a empresa que mais vende mais smartphones em alguns países próximos como Espanha, com um crescimento de 46% em relação ao ano anterior. Números impressionantes.

No ano passado, 2019, a empresa chinesa entrou na lista da revista Forbes das 2.000 empresas mais valiosas do mundo, E agora, em meados de 2020, a Forbes publicou esta lista de empresas onde a Xiaomi não apenas permanece, mas também escalou posições em relação ao ano passado.

Xiaomi Mi 10 transparente

Xiaomi escala ranking da revista Forbes

Todos os anos, a Forbes publica uma lista na qual classifica as empresas mais valiosas do mundo e, na edição 2020 a Xiaomi conseguiu escalar posições, ao passar de 426 no ano passado para 384. Ou seja, a empresa subiu 42 posições em relação a 2019, uma melhoria notável, é claro, e mais se considerarmos que é apenas o segundo ano em que a Xiaomi consta da lista da Forbes.

https://t.co/C0ItQgTKtc

 

Nos dados que a Forbes publicou sobre a Xiaomi, o capital de mercado da empresa  é apontado como 31 mil milhões e meio de dólares, uas vendas, são de US $ 29 mil milhões, e o número de funcionários que é de 18.170. Além disso, também existem alguns dados, como o ano de fundação da empresa:

  • Capital de mercado: 31.500.000.000
  • Setor: Tecnologia e hardware
  • Ano de fundação: 2010
  • País: China
  • Diretor Executivo: Lei Jun
  • Funcionários: 18.170
  • Valor de vendas: 29,800,000,000
  • Sede: Pequim

 

A Xiaomi é uma empresa jovem e tem trabalhado muito para se destacar no país de origem e no exterior, e a verdade é que conseguiu, não apenas através dos seus smartphones, que talvez seja o produto que conhecemos melhor, mas também através dos seus muitos produtos – tecnológicos e não tecnológicos– entre os quais encontramos fones de ouvido como Xiaomi AirDots,ou objetos como esfregonas inteligentes.

A Xiaomi continua a manter a estratégia de diversificação, que até agora não correu mal, e a cada ano que passa, parece se sair melhor.

Vamos ter esperar mais um ano para ver se, no próximo ano, após o declínio no mercado de smartphones que estamos a enfrentar devido ao coronavírus, a empresa mantém sua posição, ou se continua a sua escalada na classificação da revista Forbes.

Fonte

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!