Android Geek
O maior site de Android em Português

Xiaomi planeia abrir mais de 2000 lojas Mi e metade são fora da Ásia

A gigante chinesa de tecnologia Xiaomi, tem planos para abrir 2000 lojas Mi físicas, dentro dos próximos 3 anos. Isto foi tornado público pelo SVP Global, Wang Xiang numa entrevista com a CNBC. Algumas das lojas vão abrir em parceria, com investidores privados, enquanto que as outras vão ser propriedade da Xiaomi e geridas pela marca.

Aqui os principais concorrentes da marca Chinesa.

A decisão de trazer investidores privados, faz parte das grandes ambições para espalhar a marca fora do mercado da China. O SVP da Xiaomi faz uma previsão, de que nos próximos anos a marca de tecnologia Chinesa, vai ser um dos maiores fabricantes e principais competidores das principais marcas mundiais. Isto são boas notícias para os fãs da marca, que têm desesperado e feito barulho para uma maior presença da Xiaomi fora da China.

A Xiaomi mostrou perspectivas, logo quando começou a enviar smartphones em 2010. O modelo de vendas online adoptado pela marca, provou logo ser um sucesso instantâneo, e cedo foi adoptado por outras marcas. A incapacidade de cumprir os objectivos, e uma rede de distribuição má, contribuiu para um declínio nas receitas nos últimos anos. Mas a marca pretende reverter esta situação, expandindo-se para novos mercados e abrindo lojas offline. A meta é de atingir as 1000 lojas físicas, em várias cidades diferentes Chinesas até ao ano de 2020. A marca já conseguiu abrir cerca de 100 novas lojas Mi, em várias cidades Chinesas e ainda vêm mais a caminho este ano. Esta estratégia é um complemento, à estratégia de comércio online, já em desenvolvimento.

Xiaomi planeia abrir mais de 2000 lojas Mi e metade são fora da Ásia 1

O SVP da Xiaomi também revelou que, a companhia está focada mais no mercado dos seus vizinhos, como as Filipinas e na zona este da Europa.E já a Xiaomi entrou em países como a Russia, Emirados Árabes Unidos e Egipto, e ainda tem fábricas de produção na Índia e Indonésia.

À parte dos smartphones, a Xiaomi também vai ter disponível, a sua enorme gama de aparelhos Inteligentes para casa, fora da China, como as Pulseiras Inteligentes, as Scooters Inteligentes, Purificadores de Ar Inteligentes, a Internet das Coisas etc. E já os resultados parecem prometer bastante, pois a Xiaomi mostrou na semana passada que, conseguiu enviar mais de 23 milhões de smartphones no Q2 de 2017. E o objectivo principal é o envio de mais de 100 milhões de smartphones, no próximo ano.

 

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link