Vivo regista patente de câmara destacável voadora para smartphone mini drone

Enquanto que drones com câmaras já estão disponíveis há muito tempo, a marca poderá lançar um dispositivo com um módulo de câmera destacável, que poderá voar como um drone.

‎Uma nova patente da Vivo revelou que a empresa poderá estar a trabalhar num smartphone com um recurso muito exclusivo. Enquanto que drones com câmaras já estão disponíveis há muito tempo, a marca poderá lançar um dispositivo com um módulo de câmera destacável, que poderá voar como um drone.‎

‎De acordo com um relatório do LetsGoDigital, ‎a gigante tecnológica chinesa pediu a patente à OMPI no ano passado, que foi publicada a 1 de julho de 2021. Olhando para as imagens de patente para o smartphone, ele parece ter um design semelhante a um smartphone moderno. No entanto, o seu recurso mais impressionante pode ser visto assim que é destacável da parte inferior do dispositivo, uma câmara voadora. Por outras palavras, esta câmara voadora é essencialmente um pequeno drone que está alojado no smartphone, quando não está em uso e não é um periférico separado.‎

Vivo regista patente de câmara destacável voadora para smartphone mini drone 1

Quanto a este módulo destacável, a câmara voadora tem quatro hélices que a tornam capaz de voar. Ela também abriga uma bateria separada da bateria principal do smartphone e possui dois sensores de câmara no seu corpo. Outro aspecto interessante em relação a esta câmara voadora é a inclusão de dois sensores infravermelhos em diferentes laterais do módulo. Esses sensores poderiam servir muitas funções diferentes, mas seu objetivo principal provavelmente será de impedir que o pequeno drone colidia com outros objetos em voo.‎ O conceito da câmara parece retirar inspiração do mini drone portátil Air Pix, pelo menos esteticamente.

Relacionado:  Fabricantes produzem mais portáteis em detrimento dos Chromebooks devido à escassez de componentes

Vivo regista patente de câmara destacável voadora para smartphone mini drone 2

‎Ou seja, esta câmara voadora poderá apresentar um modo de rastreamento automático onde segue o utilizador e voa automaticamente. Também poderá suportar gestos aéreos, mas o registo de patente não revela mais detalhes acerca disso. Infelizmente, não se sabe se a marca está realmente a desenvolver tal produto, no entanto esta patente oferece-nos um olhar para dispositivos futuristas únicos que poderão tornar-se uma realidade nos próximos anos.‎

É um conceito interessante e out of the box, certamente iria virar cabeças e atrair interessados, no entanto seria uma tarefa enorme para os engenheiros, colocarem um pequeno drone com câmara dentro do corpo do smartphone como o conhecemos atualmente.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!