Vice Presidente da Samsung, Jay Y. Lee, libertado da prisão

Jay Y. Lee, vice-presidente da Samsung Electronics, foi libertado da prisão. Lee estava a cumprir uma pena de cinco anos depois de ser considerado culpado de suborno e desfalque, mas a 5 de fevereiro, o Tribunal Superior de Seul anulou o julgamento inicial. Lee foi detido por um total de 353 dias e, embora o tribunal tenha cortado a sentença ao meio para 2,5 anos, ele pode enfrentar quatro anos de liberdade condicional.
Vice Presidente da Samsung, Jay Y. Lee, libertado da prisão 1

Qual o crime de Jay Y. Lee?

Para aqueles que não estão familiarizados com a história, Lee, que atua como lider do Samsung Group depois do pai sofrer um ataque cardíaco, supostamente movimentou o equivalente a quase 40 milhões de dólares das subsidiárias da Samsung para duas fundações criadas por um homem de confiança do presidente Park, Choi Soon -sil.

Contudo, o dinheiro foi pago para ganhar o favor do fundo de pensões do país, que apoiou uma fusão entre duas afiliadas da Samsung em 2015. A mudança deveria suavizar a transição de pai para filho da propriedade da Samsung, mas é desnecessário dizer , não correu nada bem.

Relacionado:  Samsung vai lançar um sensor de câmara de 576MP dentro de 4 anos
Embora a prisão de Lee fosse, obviamente, uma má notícia para a empresa, o sucesso a curto prazo da Samsung não pareceu sofrer perdas, lembramos que a sul coreana teve lucros recorde em 2017 .
Com o regresso de uma figura como Jay Y. Lee o futuro da empresa parece muito mais seguro.

 

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!