Android Geek
O maior site de Android em Português

Utilizadores do iPhone são mais extrovertidos, aventureiros e ricos que os de Android

O iPhone é para ricos e o Android para pobres. É um mito?

O iPhone é para ricos e o Android para pobres. É um mito? Esta noção está conosco há alguns anos e há dados a favor dessa leitura, algo que explicaremos ao longo do artigo, pois há várias maneiras de abordar esta questão. Com o aumento do preço dos telefones Android, pode-se argumentar que as diferenças são menores, algo que ainda não é o caso, já que os mercados permanecem tão segmentados quanto há anos, ainda mais.

Hoje, com os dados em mãos, abordamos essa questão novamente. As últimas informações mostram mais sobre um estilo de vida invejável dos utilizadores do iPhone e dos proprietários de telefones Android que ganham e gastam muito menos dinheiro. Uma dualidade entre dados objetivos que estão ligados a uma decisão de compra totalmente pessoal que pode levar a más interpretações que queremos esclarecer hoje.

Ter um iPhone é sinónimo de sucesso

Utilizadores do iPhone são mais extrovertidos, aventureiros e ricos que os de Android 1

Num estudo publicado em Prnews e feito pela Slickdeals uma das maiores plataformas de compras on-line nos Estados Unidos analisa uma amostra de 2.000 pessoas – 1.000 utilizadores do iPhone e 1.000 utilizadores do Android – os quais foram questionados sobre os seus estilos de vida e situação económica.

As diferenças encontradas foram notáveis ​​e com alguns dados que podem surpreender. Primeiro, descobriram que utilizadores do iPhone têm um salário médio bem acima do do Android. Especificamente, US $ 53.251 por ano contra US $ 37.040 por ano de salário médio nos EUA. Gastam em tecnologia praticamente o dobro, é que os utilizadores de iPhone alegaram gastar US $ 100,88 por mês, em comparação com US $ 50,83 por mês dos utilizadores do Android. Quanto a gastar em roupas ou maquiagem, mais do mesmo, os utilizadores do iPhone gastam o dobro. 

Utilizadores do iPhone são mais extrovertidos, aventureiros e ricos que os de Android 2

As diferenças mais interessantes vêm do uso dos terminais. Os utilizadores do iPhone disseram que enviaram 56 mensagens em média, em comparação com as 26 dos utilizadores Android. O numero de selfies também variaram, 12 vs 7 com a diferença em favor da Apple. Quanto ao tempo total diário gasto no telefone, encontramos 4 horas e 54 minutos nos utilizadores do iPhone, em comparação com 3 horas e 42 minutos no Android.

Vamos ao mundo real por um momento

 

Como sempre, um único estudo não pode nos ajudar a estabelecer uma correlação, ricos usam iPhone e menos ricos usam Android. Como nossos colegas do iPadizate dizem, As vendas do iPhone cresceram 16% nos Estados Unidos no primeiro trimestre de 2018, contra uma queda de 11% nos terminais Android. O segmento premium ocupa até 20% do total de vendas na América, algo que é entendido ao ver o rendimento per capita dos Estados Unidos, que é várias vezes o que temos EM Portugal.

Num país com um salário mínimo atual inferior a 600 euros, parece um pouco estranho que um terminal de 1.159 euros base seja um dos mais vendidos. Além disso, devemos ter em mente que o iPhone nos Estados Unidos é bem mais barato que no nosso país, além dos acordos com as grandes operadoras que ooeram lá, que permitem preços ainda mais baixos.

A. Compra de um Smartphone é influenciada pelo contexto económico, social, a história pessoal … O iPhone sempre foi associado ao luxo e sucesso e isso não é apenas uma ideia, mas um facto. A Apple é a segunda empresa mais valiosa do mundo, o Apple Watch supera a Rolex nas vendas de relógios de luxo e, em geral, no mundo dos famosos, negócios, política e outros, o iPhone é o smartphone mais usado.

Itália impõe multa de um milhão de dólares à Samsung e à Apple por obsolescência

Como sempre, neste tipo de estudos eles generalizam mais do que deveriam e como dissemos anteriormente,  não estabelecem uma correlação clara. O acesso a um iPhone a prestações em qualquer operadora está acessível a qualquer utilizador. 

Quantas pessoas precisam de um telefone smartphone de mais de 1.000 euros?

Os dados são o que são, a Apple é uma marca considerada de luxo, e é evidente que o rendimento médio de um utilizador que compra smartphones de 1.000 euros será maior – em geral – do que outro que valoriza o preço baixo , e compra com base em suas reais necessidades.

 

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link