Android Geek
O maior site de Android em Português

Acham que conseguem hackear o WhatsApp? Vale um milhão de dólares

Para demonstrar a segurança dA aplicação, uma empresa de segurança cibernética prometeu pagar um milhão de dólares a quem conseguir hackear o WhatsApp. Conforme relatado no site Motherboard, uma empresa de segurança cibernética, anunciou que vai pagar um milhão de dólares a quem for capaz de hackear o WhatsApp ou iMessage.

O WhatsApp continua a trabalhar na implementação de novas funções que melhoram a aplicação. Numa atualização futura, será possível aceder À famoso aplicação de mensagens ao usar a impressão digital, entre outras novidades. Para demonstrar a segurança dA aplicação, uma empresa de segurança cibernética prometeu pagar um milhão de dólares a quem conseguir hackear o WhatsApp.

Acham que conseguem hackear o WhatsApp? Vale um milhão de dólares 1

Conforme relatado no site Motherboard, uma empresa de segurança cibernética, anunciou que vai pagar um milhão de dólares a quem for capaz de hackear o WhatsApp ou iMessage. Uma iniciativa com a qual querem mostrar que a segurança neste tipo de aplicações, melhora com o tempo, embora não seja totalmente perfeita.

Zerodium é uma empresa de compra e venda de ferramentas de hackers on-line e exploits para governos em todo o mundo. Qualquer agência de espionagem que queira ver as conversas de um criminoso ou terrorista numa das aplicações de mensagens instantâneas poderá recorrer a esta empresa.

Segundo um executivo da empresa, aceder a informações ou documentos de um dispositivo sem deixar rasto custa 2 milhões de dólares.

Um milhão de dólares para hackear o WhatsApp

 

Os preços deste tipo de hacks são cada vez mais altos, independentemente de quem os contrata. Isso ocorre porque a criptografia de aplicações e smartphones é cada vez mais forte e eficaz, de modo que é quase impossível de Hackear.

O prémio que esta empresa oferece para hackear o WhatsApp, Telegrama, Sinal ou iMessage oscila entre 500.000 e 4 milhões de dólares, embora a aplicação do Facebook “pague” um milhão de euros. O dinheiro do ‘prémio’ dependerá das circunstâncias específicas.

Um porta-voz da empresa garantiu que, apesar da crescente dificuldade de explorar e hackear alguns dos sistemas operacionais e aplicações, há mais erros que antes. Maor Shwartz, especialista neste tópico, explica que nos seus 15 anos nesta indústria ele nunca viu tantos Hacks como em 2018.

 

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!
close-link