Android Geek
O maior site de Android em Português

Twitter acusado de ajudar o ISIS

A viúva de um norte americano que morreu na Jordânia processou o Twitter por considerar que a rede social deu voz aos militantes do ISIS

Por muito mergulhados que estejamos na nossa paixão por tecnologia, não podemos ignorar a conjectura geo-politica mundial, e os actos bárbaros que têm sido perpetrados em nome da religião pelo auto denominado Estado Islâmico, mais recentemente vimos ataques bombistas em diversos países asiáticos, mas aquele que nos terá chocado mais foi o atentado que ocorreu em França e que abalou o mundo inteiro.

Twiiter_aesh.jpg

O Daesh ou Estado Islâmico como se auto intitulam utiliza deforma inteligente e intensiva as redes sociais, quer para comunicar entre si, quer para propaganda e recrutamento. Nesta sociedade fortemente globalizada não surge como surpresa que os terroristas do Daesh usem as mesmas tecnologias que nós cidadãos comuns.

Entre as redes sociais e aplicações usadas encontram-se :Facebook, Twitter, WhatsApp, Messenger e Telegram. Estas redes têm encetado esforços para excluir as contas de utilizadores que as usam para propaganda terrorista.

A viúva de um norte americano que morreu na Jordânia processou o Twitter por considerar que a rede social deu voz aos militantes do ISIS e assim permitiu que o terror se instaurasse. Segundo a mulher, as medidas tomadas foram insuficientes.

“Sem Twitter, o crescimento explosivo da ISIS ao longo dos últimos anos para o grupo terrorista mais temido do mundo não teria sido possível”,

Está escrito no documento utilizado para processar a rede social.

Outras entidades como a Microsoft, Apple e Twitter, estão activas na luta contra o terrorismo. A “batalha”tecnológica começou. Existe uma ténue linha que separa a segurança da privacidade, esperamos que todos juntos consigamos assegurar um futuro melhor.

FONTE

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link