Android Geek
O maior site de Android em Português

Toalha ao chão. Apple cancela definitivamente os AirPower após dezoito meses de falhanços

Depois de muito esforço, concluímos que o AirPower não atingirá os nossos altos padrões e cancelamos o projeto. Pedimos desculpas aos clientes que aguardavam esse lançamento.

Dezoito meses depois de ter sido sugerido revelado, A Apple anunciou que vai cancelar irrevogavelmente o AirPower.

Num comunicado enviado por email para o TechCrunch, o Vice-presidente sénior de engenharia de hardware da Apple - Dan Riccio - disse:

Depois de muito esforço, concluímos que o AirPower não atingirá os nossos altos padrões e cancelamos o projeto. Pedimos desculpas aos clientes que aguardavam esse lançamento. Continuamos a acreditar que o futuro é sem fio e estamos comprometidos em impulsionar a experiência sem fio.

O AirPower foi anunciado em setembro de 2017, na conferência ao lado do iPhone X e AirPods. A visão apresentada pela Apple na época era de uma base de carregamento sem fio que permitiria aos utilizadores carregar o seu iPhone, Apple Watch e AirPods simultaneamente num único local.

O tapete AirPower sincronizaria o seu status de carregamento para que pudessemos ver o quanto todos os dispositivos tinham carregado no iPhone.

No entanto, parece que o dispositivo era muito ambicioso em termos de design e a Apple simplesmente não conseguiu transformá-lo em realidade. Já existem tapetes de carga que permitem carregar vários dispositivos, a maioria deles é grande o suficiente para permitir um espaçamento suficiente entre as bobinas de indução individuais. O AirPower seria mais pequeno, de acordo com as fotos divulgadas pela Apple.

O atraso atribuiu ao AirPower um status de meme na Internet, no entanto, é apenas um na linha de muitos produtos de hardware recentes da Apple que tiveram um lançamento difícil (ou, neste caso, nenhum lançamento). O AirPods levou meses antes que a Apple os finalizasse. A capa sem fio que a Apple mostrou em 2017 começou a ser enviada apenas na semana passada.

O HomePod também teve um lançamento bastante atrasado. Ainda que, o mítico Mac Pro em que a empresa vem a trabalhar há muito tempo ainda não tenha data de lançamento.

O pedido de desculpas sobre o AirPower vem logo depois de outro pedido de desculpas que a empresa teve que divulgar recentemente.

Num artigo recente,  o Jornal de Wall Street satirizou a Apple por não abordar os problemas de confiabilidade que assolam os teclados nos seus MacBooks recentes. Em resposta, a Apple emitiu um (não) pedido de desculpas aos seus utilizadores.

De volta ao AirPower, é possível que a Apple volte a este produto no futuro, quando existir tecnologia para tornar possível a visão da empresa. Mas, por enquanto, os interessados terão que comprar um carregador padrão compatível com Qi para o iPhone e os novos AirPods.

Sem dramas.

Fonte