Android Geek
O maior site de Android em Português

Tinder trai Google

Por padrão, o Google cobra 30% de todas as compras; portanto, empresas como a Epic Games escolheram a instalação de fora da Play Store.

Sabemos que no mundo Android não há obrigação de os programadores enviarem as aplicações para o Google Play porque o sistema permite instalar aplicações de fontes externas. Esta característica é aproveitada por muitos programadores que não querem cumprir as regras do Google; e por aqueles que não querem abrir mão de 100% das receitas das suas aplicações. Por padrão, o Google cobra 30% de todas as compras; portanto, empresas como a Epic Games escolheram divulgar a instalação de fora da Play Store.

Tinder trai Google 1

O Fortnite não é a única aplicação famosa que optou por fazer o e seu negócio pagamentos sem a interferencia do Google: como revelou Bloomberg, a empresa por trás do Tinder decidiu integrar o seu próprio método de pagamento dentro da aplicação Android. Este método já está integrado na última atualização do Tinder. Com uma curiosidade: viola a política do Google Play para programadores.

O Tinder oferece um método de pagamento dentro da aplicação para não pagar cerca de 30% de comissão do Google

Tinder tira sarro dos pagamentos do Google com seu próprio método de pagamentoSe já compraram items ou funções dentro das aplicações Android instaladas a partir do Google Play Store, devem ter percebido que a integração com a loja é total: ao entrar numa compra, um «Pop-up» da Play Store sugere os métodos de pagamento registados no Google e também dá todas as garantias, como reembolso do montante, se encontrarmos problemas.O Tinder decidiu ir por outro caminho

Os programadores acham que a comissão do Google (e da Apple) é abusiva, embora isso seja difícil de ser contornado; e o Tinder é a segunda grande empresa depois da Epic Games (Fortnite) que decidiu oferecer aos seus utilizadores um método de pagamento próprio. Agora, e sempre que os serviços extras do Tinder (como o Gold) forem adquiridos será necessário preencher um formulário dentro da aplicação de modo que seja o Tinder quem cobra o cartão introduzido. Esse método de pagamento será registado nos servidores do Tinder, não no Google.

Embora seja lógico que as empresas queiram receber os benefícios que consideram justos, o Tinder introduzir uma solicitação de cartão implica que perdemos as garantias do Google Play como utilizadores.

Além disso, caso o Tinder venha a ser expulso da Play Store porque está a violar os termos de uso da loja, como refletido nas Políticas de programador:

  • Compras na loja: Os programadores que cobram por aplicações e downloads do Google Play precisam usar o sistema de pagamento do Google Play.
  • Compras na aplicação: Os programadores que oferecem produtos num jogo instalado do Google Play ou que fornecem acesso ao seu conteúdo devem usar o serviço de Faturação no Google Play para compras em aplicações como forma de pagamento.

O Google não se pronunciou até este momento, mas certamente não irá ficar calado sobre este tema. Apesar da importância da aplicação, o Tinder está explicitamente a violar os regulamentos da loja.

Tinder
Tinder
Developer: Tinder
Price: Free+
  • Tinder Screenshot
  • Tinder Screenshot
  • Tinder Screenshot
  • Tinder Screenshot
  • Tinder Screenshot

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais