Android Geek
O maior site de Android em Português

Análise Theta V a câmara 360 que podem levar para qualquer lado

Hoje vamos analisar uma das suas câmaras 360º, a Theta V, que parece solucionar muitos dos problemas que assolaram tentativas anteriores de outros fabricantes.

Durante algum tempo, o mercado foi fortemente invadido por câmaras com capacidade de gravar em 360 graus. Em teoria este seria o próximo grande passo no que toca à tecnologia fotográfica, inclusive grandes plataformas online como o Facebook e o YouTube introduziram o suporte para videos em 360 graus. Talvez com o intuito de promover esta nova vertente, mas verdade seja dita essa moda nunca realmente vingou, ainda.

Talvez por falta de marketing, ou os equipamentos não terem os argumentos para cativar o público. Fosse pelo preço, qualidade das imagens, usabilidade do sistema. Seja qual for o motivo, há empresas que olharam para além das limitações e prosseguiram com esta jornada e conseguiram realmente criar bons produtos.

Análise Theta V a câmara 360 que podem levar para qualquer lado 1

A Ricoh é prova disso, hoje vamos analisar uma das suas câmaras 360º, a Theta V, que parece solucionar muitos dos problemas que assolaram tentativas anteriores de outros fabricantes.

O que vem na caixa.

Antes de tudo olhemos para o conteúdo que vem na caixa, e aqui temos uma experiência muito básica, temos a câmara, uma capa protetora, um cabo micro USB, e alguma papelada com informação e garantia. Sinceramente esperava que a Ricoh fornecesse algo mais, alguns suportes adicionais ou uma caixa estanque, mas não, é só isto.

 

Design da Theta V

A Theta V apresenta um design muito simples e intuitivo de usar, de tal forma, inclusive toda a coleção da Ricoh apresenta o mesmo layout ao longo de várias gerações de câmaras.

Análise Theta V a câmara 360 que podem levar para qualquer lado 2

Se está bom, não é preciso reinventar e no fundo é o que a Ricoh tem feito com a sua gama de produtos. A Theta V é a penúltima câmara na sua linha, e apesar de manter o design exterior, sofreu obviamente melhoramentos em outros pontos.

O que mostra que a Ricoh está atenta as necessidades dos consumidores e não perdeu tempo em detalhes que não iriam fazer diferença.

Temos um equipamento com um design muito simples e intuitivo de usar, algo que o público aprecia, pois podem começar a usar mal a tiram da caixa sem necessidade de grandes configurações.

A Theta V apresenta uma linha fina e uma estrutura alta, tal como um comando de televisão, algo que já estamos habituados a manusear desde tenra idade. Poucos botões para pressionar, torna a sua utilização mais prática e rápida. Basta apontar e começar a filmar ou tirar uma foto. E podem ter a certeza, de que graça às suas lentes com um grande angulo de visão, o vosso sujeito vai estar sempre enquadrado, ou pelo menos dentro da foto.

Análise Theta V a câmara 360 que podem levar para qualquer lado 3

Outra vantagem deste layout é que podem aplicar uma pressão adicional na estrutura da câmara sem que os dedos fiquem em frente das lentes. Temos ainda presente uma entrada para um tripé para aquelas filmagens de longa duração.

A Theta V mede aproximadamente 1,8 (largura) x 5,1 (altura) x 0,9 (profundidade) polegadas, com aproximadamente 4,3 gramas, e cabe perfeitamente em qualquer bolso.

No lado que está virado para o utilizador, temos o botão do obturador, há indicadores de status de LED que informam se está a gravar, em qual modo de gravação nos encontramos (foto ou vídeo), estado do armazenamento e o estado da ligação Wi-Fi. A Theta V vem com um led para indicar que está a transmitir ao vivo (até 4K), embora essa função seja um pouco limitada.

Temos dois microfones no topo, além de dois em cada lado da câmara. Isso oferece à Theta V a capacidade de gravar não apenas áudio de alta qualidade, mas também em 360 graus.  Enquanto que na parte inferior temos uma entrada micro USB, e uma entrada para microfone externo, bem como um suporte para uma entrada de um tripé.

Layout da câmara

Análise Theta V a câmara 360 que podem levar para qualquer lado 4

 

Boa qualidade de imagem, conectividade e alguns extras

 

Qualidade da Imagem

A câmera Theta V com os seus dois sensores de 12 megapixéis combinados com lentes f / 2 -, oferece uma imagem com 5.376 x 2.688 pixéis e com um ISO de 3.200, com uma velocidade máxima do obturador de 1/25.000 segundos.

Durante os nossos testes, não estávamos à espera de fotos com pouca luz espetaculares, no entanto a Theta V não se portou mal de todo e conseguiu fotos aceitáveis. Mas o grande ponto de venda desta câmara está no vídeo, uma vez que o modelo Theta V consegue gravar em 4K a 3.840 x 1.920 a 30 quadros por segundo (fps), sem falar que também pode transmitir em tempo real com a resolução 4K.

Post from RICOH THETA. - Spherical Image - RICOH THETA

No entanto a desvantagem é que só podem gravar 4K até cinco minutos ou 25 minutos se reduzirmos a resolução para Full HD 1080p, caso contrario a Theta V pode sobreaquecer. No que toca à gravação de áudio, esta também surpreendeu, uma vez que a Theta V, vem com vários microfones. Esta é capaz de gravar som estéreo em 360, em vez do que faria um microfone único.

No geral, sob condições de iluminação favoráveis ​​ao ar livre, a qualidade da imagem é muito boa, com reprodução de cores agradável. A exposição é bem equilibrada e a Theta V faz um ótimo trabalho ao “costurar” as duas imagens de 180 graus numa só.

Post from RICOH THETA. - Spherical Image - RICOH THETA

Podemos notar algumas áreas onde é feita a junção das fotos devido à distorção da cor e ruído, particularmente em ambientes fechados e com pouca iluminação. Mas no geral, a Theta V é uma ótima câmara para fotos em 360. Embora não tivéssemos grandes expectativas para a fotografia com pouca luz, ficamos impressionados com os nossos resultados. Claro, que há algum ruído e pouca faixa dinâmica, mas as  fotos são aceitáveis.

 

Post from RICOH THETA. - Spherical Image - RICOH THETA

No que toca à qualidade do vídeo esta é muito boa, as cores parecem precisas na maior parte, embora um pouco suaves e o movimento dos objetos ao redor é também bastante suave. Perdemos no entanto alguma da nitidez e dos detalhes, uma vez que esta não tem estabilização de imagem.

 

Conectividade

No que toca à conectividade sem fios, a Ricoh adicionou o modo de ligação via Bluetooth, quando a Theta V se conecta a um smartphone via Bluetooth, permite o emparelhamento rápido. E podemos usar o nosso telefone como um obturador remoto e visor para enquadrar a foto ou video, através da aplicação.

Relativamente à transferência de arquivos, a câmera usa por meio de ligação a ligação via Wi-Fi. A Theta V, também oferece transmissão ao vivo em 4K, mas o processo não é assim tão simples quanto parece. Uma vez que é necessário conectar a câmera a um computador via USB e seguir, temos que seguir uma série de etapas um pouco complicadas para transmiti-la para o YouTube.

Aplicação

Aqui a Ricoh disponibilizou duas aplicações para os seus utilizadores, temos a aplicação THETA, e a THETA+. A primeira serve como obturador e visor da vossa câmera bem como galeria das vossas fotos. Bem como podem alterar as configurações da vossa Theta V.

 

Já no caso da aplicação THETA+, este serve para poderem editar as vossas fotos e videos e partilharem as mesmas nas vossas redes sociais favoritas. Ambas aplicações oferecem uma interface simples e sem grandes extras, servem o propósito delas.

 

Conclusão

Eu diria que a Theta V é aquela câmara 360 ª para quem quer começar a brincar com este tipo de produtos, ou alguem que pretende adquirir algo simples e prático. Algo que baste apontar e começar a gravar. No entanto com o preço de 379 euros a que a câmera é comercializada, pode ser um ponto dissuasor comparativamente a outros produtos na mesma faixa.

Não podemos esquecer que a Ricoh tem outros modelos mais acessíveis, mas com menos extras. Mas se estão dispostos a dar essa quantia por um equipamento do género. A Theta V poder ser uma boa aposta, design minimalista e simples, e com uma boa performance no geral.

 

Pontos positivos

  • Design
  • Grava em 4K
  • Som 360º

Pontos negativos

  • Memoria interna
  • Preço
  • Poucos acessórios

 

 

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link