Android Geek
O maior site de Android em Português

Telefones 2G ainda vendem mais do que dispositivos 5G na China

As informações mostram que o volume total de smartphones vendidos durante o mês foi de 30,875 milhões. No entanto, desses, 1.177 milhões de unidades são telefones 2G, enquanto 219.000 são smartphones 5G. Embora 2019 seja o primeiro ano da era 5G, o 2G tem quase três décadas.

Os dados de vendas de smartphones na China de agosto de 2019 foram recentemente divulgados pelo China Information and Communication Research Institute. As informações mostram que o volume total de smartphones vendidos durante o mês foi de 30,875 milhões. No entanto, desses, 1.177 milhões de unidades são telefones 2G, enquanto 219.000 são smartphones 5G. Embora 2019 seja o primeiro ano da era 5G, o 2G tem quase três décadas.

Por que é que as venda de telefones 5G são apenas um quinto dos telefones 2G?

 

A venda de mais de 1 milhão de telefones 2G por mês na China deve surpreender muitas pessoas. É interessante porque, na melhor das hipóteses, a rede 2G pode fazer chamadas, enviar mensagens e algumas outras funções simples.

Telefones 2g Aqui estão algumas razões pelas quais o 2G ainda domina o 5G em termos de remessas de telefones.

  1. As estações base 5G na China ainda estão em fase de implementação em larga escala. Não há cobertura de rede em muitas áreas. A tomar Pequim como exemplo, no final de julho, apenas 7863 estações base 5G foram concluídas. Obviamente, essa densidade não consegue garantir uma rede 5G constante para os utilizadores.
  2. Smartphones 5G ainda são muito caros
  3. A procura por smartphones 2G para idosos é vital. As pessoas idosas acham difícil operar smartphones. Eles preferem ficar com os seus Smartphones 2G
  4. Em muitas áreas remotas, a rede 2G é muito melhor que a rede 3G ou 4G. Isso mantém a procura por dispositivos 2G

De acordo com o Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação, no final de 2018, o número total de smartphones na China é de 1,57 mil milhões. Desse número, os utilizadores de 4G são 1,17 mil milhões. Em outras palavras, a China tem 400 milhões de utilizadores 2G e 3G.

Segundo a Strategy Analytics, as vendas de equipamentos 5G representam menos de 1% do total de vendas em 2019. No entanto, até 2020, a participação será próxima de 10%. “Em escala global, o alto preço dos smartphones 5G é a maior preocupação dos primeiros consumidores. Os consumidores não querem gastar muito dinheiro para comprar um dispositivo. As operadoras devem continuar a expandir a cobertura das redes 5G para tornar o consumo mais atraente ”, disse Ken Hals, diretor da Strategy Analytics.

O Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação emitiu oficialmente licenças comerciais 5G este ano. Fabricantes chineses de smartphones, como Huawei, Xiaomi e ZTE, lançaram novos produtos desde junho. No entanto, esses telefones não atendem totalmente às expectativas dos utilizadores.

"Para os utilizadores comuns, os serviços 5G e os smartphones 5G ainda carecem de funcionalidades práticas", disse Ma Jihua, especialista em comunicação do Global Times. O repórter acredita que a maioria dos utilizadores que compraram smartphones 5G e têm necessidades reais são consumidores ligados à P&D. O objetivo é realizar testes em redes 5G. Além disso, alguns entusiastas da tecnologia também compram,mas em menor escala.

Os três principais operadores na China estão gradualmente a descontinuar a banda 2G g.

 

Através da

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais