Android Geek
O maior site de Android em Português

Sundar Pichai, vai reunir se com autoridades dos EUA para discutir a censura presente na Google

Sundar Pichai, o CEO do Google vai comparecer numa reunião privada com os legisladores republicanos na colina do Capitólio esta sexta-feira, dia 28 de setembro. Apos as alegações recentes que a empresa tem sofrido, relacionado com resultados da pesquisa do Google serem censurados.

Sundar Pichai, o CEO do Google vai comparecer numa reunião privada com os legisladores republicanos na colina do Capitólio esta sexta-feira, dia 28 de setembro. Apos as alegações recentes que a empresa tem sofrido, relacionado com resultados da pesquisa do Google serem censurados. Além disso, na agenda de Pichai, está agendada uma outra reunião para comparecer à audiência pública em um Comitê Judiciário da câmara em novembro, após as eleições intercalares.

Sundar Pichai

O anúncio foi feito há duas semanas depois da Google não ter enviado um representante de alto nível de modo a representar a empresa perante o Congresso, juntamente com o COO do Facebook, Sheryl Sandberg, e o CEO do Twitter, Jack Dorsey. A medida foi duramente criticada pelos legisladores e pela media. A Google terá enviado como representante e seu chefe jurídico, Kent Walker, que foi rejeitado pela comitê do Congresso, que queria ver Pichai ou o CEO do Alphabet, Larry Page. Walker posteriormente partilhou sua testemunho online, sobre o incidente.

Pichai enfrenta uma serie de perguntas difíceis na reunião. A conversa ocorre num momento de maior escrutínio das principais empresas de tecnologia, cujas decisões têm uma inegável influência na opinião pública. Os pontos problemáticos podem incluir a luta contra as notícias falsas on-line, bem como os seus interesses políticos do mecanismo de pesquisa mais popular do mundo, a decisão do Google de interromper a colaboração do Departamento de Defesa dos EUA baseia-se em alegações de censuras nas pesquisas atarvés do seu motor de busca, feitas na china e outros países.

Estou ansioso para encontrar membros de ambos os lados do corredor, respondendo a uma ampla gama de perguntas e a explicar nossa abordagem

Pichai mencionou num comunicado publicado pelo Wall Street Journal

O encontro com o Pichai é organizado pelo líder da maioria na Câmara, Kevin McCarthy, que criticou repetidamente as grandes empresas de tecnologia nos últimos meses. A Google referiu que ele terá muitas perguntas para responder sobre relatos de parcialidade nos resultados de busca, e violações da privacidade do utilizador, comportamento anticompetitivo e negócios, bem como regimes repressivos como o caso da China. Vamos esperar para ver como isto se irá desenrolar, e se poderá mudar o futuro da empresa.

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
Fonte

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link