Android Geek
O maior site de Android em Português

Samsung desenvolve Stack 3D para Chipset EUV de 7 nm que economiza energia

Algumas empresas como a Apple e Huawei esperam lançar os seus primeiros equipamentos com Chipsets de 5 nm nos próximos meses. A Samsung também já começou a produção em massa do seu Chipset de 5nm de próxima geração e podemos esperar que apareça para a família Galaxy S21, ou S30.

Embora os chipsets de 7nm sejam a grande realidade de 2020, há várias empresas que ainda este ano vão mostrar produtos finais com o próximo passo evolutivo no mundo dos Chipsets - 5nm. Algumas empresas como a Apple e Huawei esperam lançar os seus primeiros equipamentos com Chipsets de 5 nm nos próximos meses. A Samsung também já começou a produção em massa do seu Chipset de 5nm de próxima geração e podemos esperar que apareça para a família Galaxy S21, ou S30.

Embora o foco da Samsung já esteja na próxima geração, também está a trabalhar com sucesso para melhorar o padrão actual e bem estabelecido de 7 nm. Afinal, os Chipsets de 7nm não vão simplesmente desaparecer com a chegada das opções de 5nm,vão sim acabar por ser lançados para outros equipamentos de média gama. Hoje, o Gigante coreano anunciou que aplicou com sucesso a tecnologia de Stack 3D em Chipsets de 7 nm gravados em ultravioleta extremo (EUV).

A Samsung chama essa nova tecnologia de eXtended-Cube ou X-Cube. O processo envolve empilhar a SRAM em cima do dado lógico. Isso é feito usando a tecnologia through-silicon via (TSV) da Samsung, que usa pequenos orifícios para interconectar camadas nos Chipsets. O processo é ligeiramente diferente daquele usado em semicondutores de sistema convencional que possuem matrizes lógicas como CPU e GPU. Nooprocesso habitual a CPU é GPU estão no mesmo plano que a SRAM. No caso do X-Cube, ele empilha a SRAM sobre as matrizes lógicas. Ocupa menos espaço e ajuda a economizar energia de forma mais eficiente. É importante salientar que a Samsung também divulgou que o novo processo levará a um aumento na velocidade de transferência de dados.

Samsung libera detalhes do Exynos 9825, chip de 7 nm do Galaxy Note 10

5nm pode ser o próximo passo, mas isso não significa que o desenvolvimento de 7nm tenha ficado para trás

A Samsung afirma que continuará a superar os limites em termos de desenvolvimento desta tecnologia. A empresa deseja estabelecer uma produção de tecnologia avançada de semicondutores. Infelizmente, não temos uma ideia exata de onde a Samsung irá implementar essa tecnologia.

De acordo com as primeiras Informações, o Galaxy S21 pode utilizar uma versão melhorada do Exynos 990. O Galaxy S21 Ultra, por outro lado, terá um chipset Exynos 1000 de 5 nm para estrear os novos avanços tecnológicos da empresa e da sua divisão de chipset.

Todos sabemos que os Chipsets Exynos não são a escolha preferida dos utilizadores de smartphones. No entanto a Samsung continuará a usá-los nos seus smartphones na maior parte do mundo. Portanto, é bom ver que a Samsung está a trabalhar para tornar os Exynos cada vez melhores.

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!