Android Geek
O maior site de Android em Português

Qualcomm pode ser a nova aliada da Huawei

A sua divisão de fabrico de Chipsets também foi atingida de forma particularmente dura como resultado. Esta reviravolta significa que a próxima Mate 40 series será a última linha FlagShip da Huawei com processadores FlagShip Kirin – pelo menos por enquanto.

A Huawei sofreu vários ataques ao seu negócio de smartphones como resultado das sanções dos EUA. A sua divisão de fabrico de Chipsets também foi atingida de forma particularmente dura como resultado.

Esta reviravolta significa que a próxima Mate 40 series será a última linha FlagShip da Huawei com processadores FlagShip Kirin - pelo menos por enquanto.

Qualcomm pode ser a nova aliada da Huawei 1

 

  • O presidente rotativo da Huawei diz que a empresa está disposta a usar Chipsets da Qualcomm nos seus telefones.
  • A empresa já havia usado processadores Snapdragon nos seus telefones mais baratos.
  • Isso também abre a porta para a possibilidade de Flagships da Huawei serem lançados com SoCs Snapdragon.

A fabricante de Chipsets Qualcomm também está impedida de fazer negócios com a Huawei, mas pediu uma licença para retomar os laços comerciais com a empresa. O presidente rotativo da Huawei, Guo Ping, revelou (h / t: Reuters) que a marca chinesa está disposta a usar Chipsets da Qualcomm nos seus smartphones se a empresa americana receber luz verde das autoridades dos EUA.

“Esperamos que o governo dos EUA possa reconsiderar a sua política e, se o governo dos EUA permitir, estamos dispostos a comprar produtos de empresas americanas”, acrescentou Guo, de acordo com a agência de notícias.

Que tal um FlagShip da Huawei equipado com Snapdragon?

Não é surpresa saber que a Huawei está aberta ao uso de Chips Qualcomm, a fabricante de Chipsets rival MediaTek também está impedida de fornecer produtos à empresa devido às sanções mais recentes (embora também tenha solicitado uma licença). E com a divisão HiSilicon da Huawei também fora de cena, isso significa que suas opções são, na melhor das hipóteses, limitadas.

Esta não seria a primeira vez que veríamos Chips Qualcomm em telefones Huawei, já que anteriormente saíram telefones com processadores Snapdragon. Alguns dos dispositivos Huawei mais proeminentes a este respeito incluem a série Nova original, o Nexus 6P e a série Y7 2019.

É provável, no entanto, que a Huawei adote o Chip Snapdragon nos seus smartphones topo de gama se a Qualcomm receber luz verde dos EUA e a MediaTek não conseguir a aprovação a tempo. Portanto, se queriam um telefone da série Huawei P equipado com o chipset Qualcomm Snapdragon FlagShip, isso parece uma possibilidade (por mais remota que seja).

Usar o Chip principal da Qualcomm também pode ser vista como uma medida da Huawei para apaziguar o governo dos EUA, e potencialmente abrir a porta para menos restrições.

“Como já dissemos, estamos dispostos a trabalhar com empresas dos EUA, onde se inclui a Qualcomm, desde que tenham permissão para isso”, disse a Huawei ao Android Authority quando questionada se estava aberta ao uso de Chips Snapdragon nos seus smartphones topo de gama.

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!