Qualcomm aponta dedo a fabricantes pelo falhanços dos laptops ARM

Temos a receita para falhar. Qualcomm:

Aos olhos da Qualcomm, se os portáteis alimentados por ARM não alcançaram o sucesso comercial esperado, isto deve-se em grande parte à fraca proposta de valor por parte dos fabricantes, uma vez que estes dispositivos são muito menos poderosos do que os PCs baseados em SoC Intel. Somando a isso graves problemas de compatibilidade, e acima de tudo ,preços demasiado elevados cobrados pelos fabricantes. Temos a receita para falhar.

Microsoft Surface Laptop Studio Launched

Qualcomm: O problema não sou eu, são vocês

Além disso, a Qualcomm atribui diretamente esta falha da plataforma a fabricantes que pedem mais de 1000 dólares por novos computadores portáteis com chipsets ARM. “Uma das coisas em que não estávamos satisfeitos com os primeiros dispositivos era o preço inadequado”, disse Miguel Nunes, director sénior de gestão de produtos da Qualcomm.

Apesar de tudo, o gestor reconhece que o preço foi deixado ao critério dos fabricantes do equipamento. De qualquer modo, os preços dos chips ARM como o Snapdragon 8cx permanecem aproximadamente os mesmos que os chips Intel, mas com um diferença de desempenho significativa para o lado da Intel.

Microsoft Surface Pro X

Porquê optar por um Microsoft Surface Pro X de $1,500, quando é possível optar por um portátil Intel de muito melhor desempenho por um preço muito mais baixo. Os dispositivos com um Snapdragon 8cx continuam a custar mais do que a média. O HP Elite Folio pode atingir os $2000. A situação está lentamente a começar a mudar, com dispositivos ARM a preços mais razoáveis, como o Samsung Galaxy Book Go. Lançados em Junho de 2021, estes dois computadores portáteis estão a ser vendidos por cerca de $400.

Nvidia queria comprar a ARM

A Nvidia demonstrou interesse em adquirir a ARM,no entanto o negócio foi por água abaixo dado que a Federal Trade Commission (FTC) considerou que a operação de aquisição seria anticoncorrencial. Para a instituição federal, esta aquisição poderia prejudicar a concorrência ao dar à Nvidia acesso a informações sensíveis do ponto de vista concorrencial dos licenciados ARM. A operação foi adiada por vários meses, e espera-se que as negociações prossigam até 9 de Agosto de 2022.

VIA : MSpoweruser

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!