Google acusada de pagar á Apple para não criar motor de busca

De acordo com uma acção judicial de classe intentada nos Estados Unidos, a Apple e o Google violaram repetidamente as leis anti-monopólio ao abrigo da legislação norte-americana. A queixa aponta para o acordo financeiro entre as duas empresas relativamente à Pesquisa Google.

De acordo com uma acção judicial de classe intentada nos Estados Unidos, a Apple e o Google violaram repetidamente as leis anti-monopólio ao abrigo da legislação norte-americana. A queixa aponta para o acordo financeiro entre as duas empresas relativamente à Pesquisa Google.

De acordo com uma acção judicial iniciada nos Estados Unidos, a Apple e o Google violaram repetidamente as leis anti-monopólio ao abrigo da legislação norte-americana. A queixa aponta para um acordo financeiro entre as duas empresas relativamente à Pesquisa Google.

Google acusada de pagar á Apple para não criar motor de busca 1

De acordo com uma acção judicial de classe intentada nos Estados Unidos, a Apple e o Google violaram repetidamente as leis anti-monopólio ao abrigo da legislação norte-americana. A queixa aponta para o acordo financeiro entre as duas empresas relativamente à Pesquisa Google.

Durante anos, o Google pagou à Apple milhares de milhões de dólares para continuar a ser o motor de busca padrão do Safari. Este acordo com o Google traz mais dinheiro à Apple do que as receitas geradas pelos seus próprios serviços; incluindo a Apple Music.

Vergonha alheia: Google paga para não ter concorrência

Em 2021, o gigante Mountain View teria gasto 15 mil milhões de dólares; para garantir que o Google Search continua a ser o motor de pesquisa padrão para iPhones. Este acordo, aprovado desafiando as leis concebidas para proteger a livre concorrência, permite ao Google assegurar uma importante fonte de tráfego todos os anos.

Os queixosos afirmam que o acordo alcançado entre as duas empresas inclui uma série de cláusulas secretas. Como parte deste acordo, a Apple teria concordado em congelar o seu projecto de motor de busca nos últimos anos, no entanto, muitas fugas de informação têm vindo a alegar que a Apple continua a desenvolver o seu próprio motor de busca para competir com a Google.

Sem surpresas, a empresa de Cupertino queria integrar o seu motor doméstico por defeito em todos os seus dispositivos, incluindo iPhone ou iPad. Em troca de uma elevada remuneração anual, a Apple teria concordado em moderar o lançamento do projecto. Há rumores, no entanto, de que o grupo gostaria em última análise de se emancipar do Google, a fim de evitar as agressões frenéticas dos legisladores.

Vai gostar de saber:  Novas coleções de Wallpapers oficiais do Realme UI 3.0

Isso não é tudo. De acordo com o processo judicial, o Google partilha secretamente com a Apple uma parte dos lucros gerados pelo seu motor de busca no iPhone; a firma de Tim Cook recebe parte das receitas publicitárias geradas pelo Google Search.

Assegurando que este acordo impede o desenvolvimento de soluções concorrentes, a queixa exige que a justiça proíba as duas empresas de colaborarem. Acima de tudo, a acção colectiva quer que as duas gigantes tecnológicas sejam desmanteladas em “empresas separadas e independentes”, a fim de pôr fim ao seu monopólio.

Amigos amigos, óculos á parte

Em notícia separada, o New York Times publicou recentemente um artigo sobre produtos de realidade aumentada; em que as principais empresas tecnológicas estão a trabalhar. Ultimamente tem havido rumores e fugas de informação sobre os próximos óculos AR da Apple; mas de acordo com o The New York Times, o Google está a trabalhar num produto semelhante.

O New York Times não forneceu detalhes sobre o produto, e a Google recusou-se a comentar; contudo, rumores sugerem que o novo aparelho será uma evolução natural do alinhamento da empresa canadiana North; que a Google adquiriu em Junho de 2020. A North preparava-se para lançar o Focals 2.0 smart glasses; equipado com um projector holográfico capaz de exibir informações específicas, incluindo previsões meteorológicas e tarefas de calendário. Os novos óculos de RA do Google são susceptíveis de ser um desenvolvimento deste produto nunca anunciado.

VIA : Appleinsider

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!