Android Geek
O maior site de Android em Português

O WhatsApp está a receber uma grande atualização e o Zoom devia estar atento

O Whatsapp é uma dessas aplicações e, atualmente, não permite chamadas de vídeo ou voz nos seus clientes desktop ou web. Mas isso pode estar prestes a mudar.

Numa época em que as videochamadas substituiram praticamente toda a interacção pessoal a nível laboral, é difícil acreditar que alguns dos clientes móveis mais populares tenham um suporte de desktop tão fraco.

O Whatsapp é uma dessas aplicações e, atualmente, não permite chamadas de vídeo ou voz nos seus clientes desktop ou web. Mas isso pode estar prestes a mudar.

Uma atualização do WhatsApp parece revelar que as chamadas de vídeo e voz chegarão aos clientes desktop e web num futuro próximo - assinalando a primeira vez que vamos poder fazer essas coisas no telefone.

De acordo com o WABetaInfo, a versão 2.2043.7 do cliente web WhatsApp inclui uma reformulação da interface do utilizador. Entre essas mudanças estão os botões que permitem fazer chamadas de voz e vídeo sem ter que recorrero ao telefone. Chamadas em grupo também estão incluídas, aquele espaço extra no ecrã vai tornar a experiência muito mais agradável.Whatsapp web

(Crédito da imagem: WABetaInfo)

O WABetaInfo também inclui capturas de ecrã do recurso de chamada e, ao que parece, as chamadas terão sua própria janela pop-up. Dessa forma, podemos ver o que está a acontecer sem ter que ter o cliente principal aberto.

Aparentemente, essa atualização pode chegar dentro de algumas semanas, mas isso não é garantido até que o WhatsApp faça um anúncio oficial.

Relacionado:  Atualização do OxygenOS 11.0.3.4 para o OnePlus 8T traz mais correções, otimizações e melhorias

O Zoom só está agora a aaderir ao conceito de chamadas criptografadas FlagShip a ponta num novo programa beta. O WhatsApp, que criptografa tudo por padrão, só precisa implementá-lo antes que o Zoom tenha essa possibilidade.

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!