Android Geek
O maior site de Android em Português

O "novo" Facebook será orientado para a privacidade das mensagens

Através de uma extensa nota publicada no Facebook, Zuckerberg deu os detalhes sobre os planos futuros para a rede social: uma visão focada na privacidade, onde o end to end encryption entre as comunicações dos seus utilizadores é o foco principal e o conteúdo gerado é efémero e privado.

O fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, encontrou a solução para oferecer aos seus utilizadores uma plataforma muito mais segura e, dessa forma, melhorar sua reputação e acabar com os problemas de privacidade e tratamento de dados pessoais que perseguiu a empresa nos últimos dois anos.

Através de uma extensa nota publicada no Facebook, Zuckerberg deu os detalhes sobre os planos futuros para a rede social: uma visão focada na privacidade, onde o end to end encryption entre as comunicações dos seus utilizadores é o foco principal e o conteúdo gerado é efémero e privado.

Mark Zuckerberg encontrou a solução para oferecer um Facebook mais seguro aos seus utilizadores

Sem dúvida, esta nova visão do criador do rede social mais usada no mundo muda radicalmente o modus operandi que teve a plataforma desde o seu nascimento, onde o conteúdo mais aberto e público era privilegiadoo, mas isso trouxe grandes problemas para a empresa e levou Mark Zuckerberg a comparecer perante o Senado dos Estados Unidos e o Parlamento Europeu.

O Facebook será uma plataforma mais privada e com serviços de mensagens interconectados, mas efémeros e criptografados

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, confirmou os planos que foram revelados há alguns meses sobre ligarr todas as plataformas de mensagens instantâneas que estão sob a sua alçada: Messenger, WhatsApp e Instagram. Mas esclareceu que irá criptografar comunicações ponto-a-ponto (a seguir o modelo do WhatsApp) e dará uma permanência mais efémera nas mensagens e publicações.

 

Publicado por Mark Zuckerberg em Quarta-feira, 6 de março de 2019

 

Ou seja: um utilizador do Messenger pode enviar mensagens para utilizadores de outras aplicações de mensagens (WhatsApp e Instagram) e também enviar SMS, de forma fácil e segura - através de criptografia end-to-end - e terá a possibilidade de estabelecer um certo tempo para as conversas expirarem, destruindo-se (juntamente com todos os seus dados) e depois de alguns minutos ou segundos, como por exemplo o Stories do Instagram.

A verdade é que Zuckerberg não deixou claro quando essas mudanças estarão disponíveis, mas indicou que será implementado durante os próximos anos. Também esclareceu que ao longo deste ano vários especialistas serão consultados para dar a sua opinião sobre as medidas a tomar.

Mark Zuckerberg encontrou a solução para oferecer um Facebook mais seguro aos seus utilizadores

Da mesma forma,  esclareceu que está ciente de que essas acções podem originar que vários países fechem as portas ao Facebook, a empresa está pronta para isso. Também será importante ver como o Facebook se adaptará a esse novo esquema no seu modelo de negócio, que é explicitamente focado em redes abertas.

Outro detalhe que o CEO do Facebook tem enfatizado é que a empresa sediada em Menlo Park (Califórnia) não armazenará informações confidenciais em países com restrições à privacidade dos dados pessoais dos utilizadores e à liberdade de expressão.

Para Zuckerberg, tomar essas acções significa enfrentar alguns dos problemas mais importantes que o futuro da Internet enfrenta. Em suma, devemos esperar para ver se as acções são realmente implementadas e se, como prometido pelo seu fundador, o Facebook começa a ser mais cuidadoso com o tratamento dos dados pessoais dos seus utilizadores.

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais