Android Geek
O maior site de Android em Português

O benchmark Samsung Exynos 1080 AnTuTu supera todos os Flagships Snapdragon

Diz-se que a arquitetura do SoC usa quatro núcleos Cortex-A78 com quatro núcleos Cortex-A55 pequenos, e a GPU é Mali-G78, mas o número de núcleos não foi especificado. De acordo com a apresentação oficial da Samsung, é construído num processo de 5 nm.

De acordo com o AnTuTu, um novo SoC apareceu na base de dados AnTuTu, que será alegadamente o Samsung Exynos 1080 que a Samsung havia anunciado anteriormente. Diz-se que a arquitetura do SoC usa quatro núcleos Cortex-A78 com quatro núcleos Cortex-A55 pequenos, e a GPU é Mali-G78, mas o número de núcleos não foi especificado. De acordo com a apresentação oficial da Samsung, é construído num processo de 5 nm.

Benchmark Samsung Exynos 1080 AnTuTu

Benchmark Samsung Exynos 1080 AnTuTu
Benchmark Samsung Exynos 1080 AnTuTu

A configuração, deste SoC com o misterioso novo número de modelo “ORION”, tem capacidade para ecrã de resolução 2376 × 1080, 8 GB de RAM e 512 GB de memória interna onboard, e a correr em Android 11. Quanto às pontuações, o Samsung Exynos 1080 AnTuTu Benchmark atualmente tem uma pontuação de 693600, com uma pontuação de CPU de 181099, pontuação de GPU de 297676, pontuação de MEM de 115169 e pontuação de UX de 99656.

Esta pontuação total já é melhor do que os mais poderosos Snapdragon 865 e 865 Plus, e ainda tem uma vantagem significativa sobre o Snapdragon 865 pela sua overclock de GPU. De acordo com a AnTuTu, comparando as subpontuações, a parte da CPU é essencialmente a mesma do Snapdragon 865, e a GPU tem uma vantagem clara, o que significa que o Exynos 1080 tem uma GPU de nível principal.

Além disso, a julgar pelas pontuações do MEM, o novo dispositivo está equipado com RAM LPDDR5 e memória flash UFS 3.1, dando-lhe uma clara vantagem em termos de velocidade de leitura e gravação. A pontuação UX também significa que o novo telefone vem com um ecrã com uma taxa de atualização de pelo menos 120Hz.

Conforme relatado anteriormente, o Samsung Exynos 1080 usará o próprio processo LPE 5nm de última geração da Samsung, que está duas gerações À frente do processo de 8nm usado no Exynos 980 anterior. O Exynos 1080 fará uso do mais recente Cortex-A78 da ARM e arquitetura de CPU de cluster duplo Cortex-A55, e a GPU integrada também foi atualizada para o mais recente Mali-G78 da ARM, que tem desempenho 25% melhor.

Fonte

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!