Android Geek
O maior site de Android em Português

Note7 tem a autópsia revelada uma semana antes

Uma fonte oficial para de mídia coreana a Chosun afirma que o presidente de operações móveis da Samsung, Dong-jin Koh, anunciará a 23 de janeiro a razão pela qual as baterias dentro de algumas unidades do Galaxy Note 7 explodiram.

A investigação que durou meses incidiu sobre as causas do desastre que desencadeou o recall total do smartphone. Muitos observadores têm apontado para uma razão ou outra como a causa para as explosões. A Samsung SDI, principal fornecedora de baterias para o Note7 foi onde as culpas caíram primeiramente, não é apontada como culpada nesta investigação.

Uma das mais importantes conclusões é que o espaço interior do equipamento não permitia sequer ligeira expansão da bateria devido a pouco espaço. Pior ainda, o software que era suposto desligar o telefone quando o ponto crítico de temperatura fosse detectado falhou redondamente. Investigadores do governo coreano e dos EUA em cooperação com a Samsung descobriram que o Galaxy Note7 descobriram que o terminal por estar carregado de extras de hardware como S Pen e scanner de íris não conseguia irradiar calor para fora da bateria.

 "Ao anunciar oficialmente a causa do problema, planeamos anunciar uma política para garantir a segurança do Galaxy S8"

Esperamos que estas conclusões tenham leavdo a Sul Coreana a aperfeiçoar e corrigir as falhas, para nos surpreenderem positivamente com o Galaxy S8.