Android Geek
O maior site de Android em Português

Motorola prepara um novo Moto G6 Plus com o Snapdragon 660?

Ontem apareceram online, pelas mãos do pessoal do 91mobiles, duas imagens reais que mostram aquele que supostamente é uma nova variante do Moto G6 Plus. Esta nova suposta versão do dispositivo é mostrada a executar a versão Android do benchmark AIDA64, que lista claramente o seu SOC, como sendo o Qualcomm Snapdragon 660.

Será que a Motorola vai lançar um Moto G6 Plus com Snapdragon 660?

Em Abril, a Motorola anunciou o Moto G6 Plus como a sua oferta de gama média mais premium para esta primavera, mas esse mesmo telefone foi apresentado com o menos potente, Snapdragon 630. O aparelho recém-avistado é identificado pelo número do modelo XT1926-5 e vem com 6GB de RAM contra os 4GB encontrados no modelo base, lançado em abril.

Motorola prepara um novo Moto G6 Plus com o Snapdragon 660? 1

Como os dois parecem partilhar o mesmo número de modelo, os resultados de benchmark podem ter sido falsificados, e outra possibilidade é que a Motorola simplesmente usará chips diferentes para vários modelos do Moto G6 Plus, dependendo da região onde será vendido. Embora o smartphone ainda não esteja disponível a nível global, e a subsidiária da Lenovo tenha um histórico de lançar diversos modelos de processadores, em dispositivos com nome idêntico, esse cenário ainda seria inédito, dadas as diferenças significativas nas capacidades de processamento entre o Snapdragon 630 e o 660.

A nova variante do Moto G6 Plus mantém a configuração de armazenamento de 64GB, do dispositivo anunciado anteriormente, mas o mesmo rumor afirma que um modelo com 128GB de armazenamento pode estar em andamento, citando fontes específicas. O recém-nomeado presidente da Motorola , Sergio Buniac, disse em abril que a empresa planeia otimizar o seu portfólio de dispositivos e disponibilizar menos novos smartphones ao longo deste ano, do que em 2017. O próximo dispositivo Android da empresa deve ser anunciado no Brasil no início do próximo mês, chegando sob a forma de Moto Z3 Play, um gama média modular com um leitor de impressão digital montado na lateral. Embora a Motorola esteja atualmente a crescer lentamente a nível mundial, o negócio móvel global da sua “casa mãe”, Lenovo, está pelas ruas da amargura, tendo perdido 142 milhões de dólares no seu último ano fiscal, que terminou em março deste ano.

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!
close-link