Moto 360 (e outros) finalmente em vias de receber Android Wear 2.0

O update do Android Wear 2.0 está a ser um verdadeiro teste de paciência. Há muito tempo que já foi anunciado, no entanto um numero muito restrito de equipamentos faz uso desse sistema. Durante muito tempo, apenas existiam os dispositivos que saiam de fábrica com Android Wear 2.0, depois alguns dispositivos obtiveram a actualização, mas a Google acabou por atrasar o update para os restante aparelhos, muito por culpa de um bug.

Agora, e finalmente temos algumas palavras oficial do fórum de suporte do Android Wear, que disponibilizou um cronograma de actualização para os dispositivos mais populares - o Moto 360 Gen 2, o LG Watch Urbane 2ª Edição LTE, o Huawei Watch e o Asus ZenWatch 2 e 3. De acordo com esse post, esses relógios receberão o Android Wear 2.0 entre o final de abril e final de maio; Assim, essencialmente no espaço de um mês, esses equipamentos deverão ser actualizados.
Até ao momento ainda não foi disponibilizada qualquer data exacta, mas é esperado que a Motorola, a LG, a Huawei e a Asus anunciem algo em breve.

Relacionado:  Este é o processador da Qualcomm que vai suceder ao Snapdragon 888 5G

O Android Wear 2.0 prometeu uma grande actualização, incluindo mais opções de personalização, suporte a aplicações nativas, melhor acompanhamento de fitness, mais opções para responder a mensagens e, obviamente com o Assistente do Google. Isso deverá ser o suficiente para animar os donos dos equipamentos em questão, e é bom saber que os smartwatches mais usados em breve serão finalmente actualizados.

Lista de relógios prestes a receber o Android Wear 2.0:

  • Moto 360 Gen 2
  • Moto 360 Sport
  • LG Watch Urbane 2nd Edition LTE
  • Huawei Watch
  • Huawei Watch Ladies
  • Asus ZenWatch 2
  • Asus ZenWatch 3

lista de equipamentos não compatíveis com o Android Wear 2.0:

  • LG G Watch
  • Samsung Gear Live
  • Moto 360 v1 (2014)
  • Sony Smartwatch 3
  • Asus ZenWatch v1.
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!